A arroba subiu, como fica meu poder de compra? Veja!

A arroba subiu, como fica meu poder de compra? Veja!

PARTILHAR
Foto: Fazenda 3R

Afinal de contas, o preço da arroba tem sido negociado em patamares de R$ 300,00 e como tem ficado o poder de compra do pecuarista neste momento?

Quando pensamos no sucesso da pecuária de corte, seja no sistema de cria, recria, terminação ou ciclo completo, podemos levar em conta fatores como o comportamento do mercado e a produtividade da fazenda. A pecuária nacional vive um momento do ciclo pecuário de escassez de animais no mercado, com preço da reposição subindo e da arroba atingindo recorde. Mas e o poder de compra, como avaliar?

Com certeza você já deve ter analisado os custos ou a eficiência produtiva da sua atividade. No âmbito de mercado, você já se perguntou se é o preço da arroba do boi que garante a maior lucratividade?

Estas são perguntas muito importantes, por isso, vale ter atenção especial com a relação de troca da arroba bovina. A pergunta que não quer calar é: quantas arrobas de boi você precisa produzir para comprar algum insumo ou pagar algum custo da atividade?

A seguir vamos tratar da relação de troca da arroba em relação a alguns desses componentes dos custos de produção.

Preço e Ágio do Bezerro com a Arroba do Boi Gordo

Quando pensamos no lucro da operação de terminação, sempre vem em mente o bezerro ou o boi magro; qual a melhor época de compra; qual diferença entre o preço da arroba do boi gordo e do bezerro (o ágio do bezerro), se vale a pena tomar a decisão de comprar mais ou menos.

A época de desmama costuma ser próxima a abril, o que eleva a oferta do bezerro e tende a dispor de um preço menor. No ano de 2019, o ágio teve um de seus menores patamares em abril (19%), porém no mês de junho alcançou os mesmos 19%, muito devido à alta do preço da arroba do boi. A média de dezembro, até o dia 12, já está em 28%.

Mas o que conseguimos entender com estes valores?

O mercado é volátil e acompanhar os movimentos para tomar a decisão pode ser o diferencial entre o lucro e o prejuízo.

Por isso que nós da equipe de Inteligência de Mercado do BeefTrader desenvolvemos uma ferramenta para auxiliar no entendimento do mercado do Boi:

Dashboard: Quanto o meu boi consegue comprar hoje e quanto ele conseguia comprar, desde 2004:

Os dados utilizados sobre o preço dos insumos são fornecidos pelo Cepea, assim como preços do Boi Gordo e Bezerro. O Salário Mínimo foi coletado no Ipeadata, e todos estes dados foram deflacionados (removido o efeito da inflação) pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna IGP-DI/FGV.

As datas podem ser alteradas conforme a necessidade, tanto no slider quando no campo numérico! Use à vontade para simular e comparar ao contexto da sua produção e o que tem vivido na sua atividade.

Na parte superior esquerda, temos botões representando as comparações.

– O Boi informa a série de preços da arroba nas colunas, enquanto na linha a relação de troca de um boi de 16,5 arrobas para bezerro, ou seja, quantos bezerros consigo comprar com um boi, em uma data determinada. 

– O Bezerro mostra nas colunas cinzas o preço referente a arroba do bezerro, e em vermelho a do boi. Na linha é mostrado o Ágio do Bezerro, calculado pela diferença de preço destes dois componentes, em porcentagem.

– No Milho, além do preço da saca (60 kg), em cinza, é demonstrado a arroba do boi. Na linha a relação de troca de um boi de 16,5 arrobas para a saca de milho.

– Em relação à soja, o valor pago pela saca de 60 kg, preço da @ do boi e a relação de troca para o animal de 16,5 arrobas.

– A relação de troca agora é para o Salário Mínimo, ou seja, quantos salários mínimos um Boi Gordo consegue pagar, na data selecionada.

Na ponta do lápis, a relação de troca se torna um indicador interessante para analisar a eficiência financeira para a fazenda: quanto maior a relação, maior é a capacidade da fazenda em investir com a venda dos animais, indicando ao pecuarista quanto uma arroba produzida está pagando a conta.

Fonte: TechAgro

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com