Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Agricultores poloneses bloqueiam estradas e fronteira com a Ucrânia

Os manifestantes protestam especialmente contra impacto das importações de alimentos baratos do país vizinho.

Agricultores poloneses bloquearam estradas em todo o país e nos postos de fronteira com a Ucrânia nesta sexta-feira (9), iniciando uma greve geral de um mês para protestar contra as políticas da União Europeia e a falta de ação do governo para proteger seus meios de subsistência.

Os agricultores de França, Bélgica, Portugal, Grécia, Espanha e Alemanha têm protestado contra as restrições impostas a eles pelas medidas da UE para combater as mudanças climáticas, bem como contra o aumento dos custos e o que eles dizem ser uma concorrência desleal do exterior.

Os agricultores poloneses têm se manifestado especialmente sobre o impacto das importações de alimentos baratos da vizinha Ucrânia.

Cerca de 100 fazendeiros e 50 carros bloquearam o acesso ao posto de fronteira de Medyka, impedindo o tráfego de todos os veículos, disse o porta-voz do serviço de fronteira ucraniano, Andriy Demchenko, na televisão.

A mídia polonesa disse que havia mais de 250 bloqueios em todo o país. As imagens mostravam comboios de tratores obstruindo estradas e faixas com mensagens como “Sem nós, vocês passarão fome, ficarão nus e sóbrios”.

“Hoje toda a Europa está pegando fogo. Chegou o Acordo Verde, que destruiu nosso pensamento sobre a agricultura”, disse o manifestante Wieslaw Gryn à emissora TVN24 no posto de fronteira de Hrubieszow.

“Não somos contra soluções pró-ecológicas, mas elas devem ser acordadas com os agricultores.”

O ministro da Agricultura da Polônia disse que entendia os desafios que os agricultores estavam enfrentando, mas esperava que os protestos pudessem ser organizados de forma a ser “o menos oneroso para os cidadãos”.

“Os agricultores têm preocupações, expectativas e exigências legítimas para limitar a entrada excessiva de produtos da Ucrânia, bem como de outros mercados não europeus para a UE, especialmente para a Polônia”, disse Czeslaw Siekierski a uma rádio pública nesta sexta-feira.

O sindicato Solidariedade, que anunciou os protestos na semana passada, disse que, além do bloqueio das passagens de fronteira com a Ucrânia, planejava bloqueios de estradas em toda a Polônia até 10 de março.

Fonte: Reuters

VEJA TAMBÉM:

ℹ️ Conteúdo publicado por Myllena Seifarth sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM