Alimentador de misturador faz sucesso na Europa; vídeo

PARTILHAR
rmh turbomix -
Foto: Divulgação

A automação agropecuária é cada dia mais presente no dia-a-dia da fazenda; conheça essa máquina que concentra o trabalho de várias outras

A literatura mostra que o termo “Automação” remonta a 3500 e 3200 a.C, quando o homem começou a utilizar a roda. No entanto, o conceito só se tornou familiar a partir da Revolução Industrial no século XVIII. Na agropecuária brasileira ainda é bem mais recente. É a partir do século XX que os processos passam a ser automatizados, ocupando papel fundamental no desenvolvimento agrícola do país.

Também a pecuária brasileira tem experimentado o seu crescimento posicionando-se como setor não menos importante. A automação nesse setor, em países onde há domínio da tecnologia, como EUA e União Européia, estão muito diversificados. Sistemas de ordenha robotizada, sistemas de distribuição de ração autônoma, balaço nutricional destes, identificação de sanidade entre outros já estão no mercado e disponíveis aos produtores.

A pecuária de precisão é uma área de conhecimento que tem crescido muito nos últimos anos. É uma ferramenta chave na busca por uma produção mais eficiente, por meio de soluções de gestão e manejo, com base em tecnologias de automação, como monitoramento dos animais, das forrageiras e das características bioclimáticas do sistema de produção.

Sobre o alimentador autopropelido

Os alimentadores que você viu no vídeo são da empresa israelense RMH. Segundo a empresa, com mais de 50 anos de experiência acumulada na produção de alimentadores, os misturadores são o resultado de uma vasta experiência, longo desenvolvimento e tecnologia de alta qualidade. Em Israel, mais de 50% das vacas são estabuladas, em modelos de freestall e compost barn, e recebem sua alimentação através dos distribuidores. O equipamento é pesado e destina-se a trabalhos extenuantes, entre 8-14 horas por dia e por muitos anos.

A RMH exporta 90% do maquinário produzido. Além disso, a empresa construiu centros de alimentação no Vietnã, Turquia, Rússia, África do Sul, EUA e China. A empresa possui vasta experiência no fornecimento de suporte técnico aos seus clientes no exterior. Não há registro de revendas

Foto: Divulgação
RMH Premium23-for-poster
Foto: Divulgação

No Brasil, talvez ainda não tenha o seu custo benefício percebido para que os produtores invistam nesse processo, mas, assim como ocorre na agricultura, a pecuária tropical tem suas características próprias, principalmente na extensão que a atividade ocupa. A pecuária utiliza cerca de 70% da área ocupada pelas atividades rurais com mais de 200 milhões de cabeças de gado.

O próximo passo da evolução tecnológica na agropecuária envolve, além de novos equipamentos de automação, a integração de sistemas que fornecem dados sobre cada fase da produção, para embasar decisões mais acertadas e exatas. A pecuária 4.0 já não é mais um conceito, ela é uma mudança de visão da realidade no campo. Chips, dispositivos, monitoramento por câmaras estão revolucionando as fazendas de produção de carne e elas jamais serão as mesmas.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com