Análises mostram resultados positivos da Pecuária em 2021

Análises mostram resultados positivos da Pecuária em 2021

PARTILHAR
Nelore na Fazenda Bhavnagar
Foto: Jadir Bison

Entenda quais foram os aspectos levados em consideração e como é possível, mesmo com o aumento dos custos, lucrar com a pecuária de corte

Por Maurício Palma Nogueira – No acumulado de 2021, os custos de produção da pecuária de corte aumentaram na ordem de 10% a 20% nos pacotes de tecnologias mais baixas e cerca de 30% nos sistemas mais produtivos. A análise levou em consideração o ciclo completo.

Quanto maior é o pacote tecnológico, mais o produtor fica exposto ao mercado de grãos e às cotações do dólar, 10% mais altas em relação ao mesmo período de 2020. Nos primeiros seis meses do ano, a cotação média dos componentes de uma dieta de engorda está 77% acima do registrado no mesmo período de 2020.

evolucao dos custos de producao na pecuaria por tecnologia
Fonte: Athenagro

Na comparação com o mesmo período, as cotações do boi estão 50% mais altas em 2021.

A análise de resultados em uma propriedade precisa ser feita com muito rigor e muita cautela, de forma a evitar que decisões mal elaboradas sejam implementadas.

Projetando custos e receitas com base na expectativa atual de mercado até o final do ano, os resultados tendem a melhorar entre 60% e 130% nos níveis mais baixos de tecnologia. Os preços mais elevados do gado com pouco uso de insumos aumentam significativamente os lucros esperados.

Mas a alta tecnologia também deve proporcionar resultados melhores em 2021. No entanto, os lucros registrados serão cerca de 50% superiores aos registrados em 2020, imaginando as mesmas condições de desempenho técnico e administrativo.

Um dos erros mais comuns cometidos no campo em termos de estratégias de produção acaba sendo embasado em análises como a apresentada no parágrafo anterior. Embora esteja correta, o foco na comparação porcentual pode representar uma armadilha na conclusão.

Fazendo o mesmo cálculo com base em reais por hectare, os resultados de 2021 tendem a ser entre R$220/ha e R$730/ha melhores do que os registrados em 2020, considerando as situações de tecnologias mais baixas.

Nos níveis mais altos de tecnologia, o aumento de 50% nos resultados representam de R$1.200/ha a R$2.930/ha a mais, quando comparados ao registrado em 2020.

Fonte: Athenagro

É fundamental lembrar que todo aporte tecnológico em uma propriedade tem, como objetivo final, o aumento do lucro. Ninguém, em sã consciência, planeja investimentos em sistemas de produção mais tecnificados desconsiderando a perspectiva de melhoria nos resultados.

Na busca por visualizações em posts, há quem sugira que sistemas de produção estejam sendo desenhados com foco apenas na produtividade, criando uma certa confusão desnecessária entre produtores e técnicos.

É verdade que a produtividade não garante bons resultados. É fundamental que as técnicas sejam rigorosamente implementadas, assim como recursos e serviços sejam detalhadamente gerenciados. Há pouca margem para erros em sistemas mais tecnificados.

Por outro lado, é impossível obter resultados competitivos em relação a outras atividades operando a pecuária com baixas produtividades.

A discussão não deve ser entre produtividade e não produtividade. A discussão deve focar em uma ótima gestão, sempre buscando mais lucro possível. Esse, por sua vez, aumenta à medida que há incremento na produtividade.

É preciso cuidado para não errar, tanto no planejamento, como na execução.

Adaptado da Casa de Análise Athenagro

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com