Arroba vai a R$ 260, mostrando que a semana será de alta!

Arroba vai a R$ 260, mostrando que a semana será de alta!

PARTILHAR
Confinamento e Boitel VFL BRASIL. Foto: Marcella Pereira

Os preços já dispararam na abertura do dia, com preço da arroba chegando a R$ 260 e deixando São Paulo para trás! Confira o que esperar desse mercado!

A arroba do boi gordo fechou a última semana com alta em seis estados brasileiros, de acordo com monitoramento da Agrifatto. De acordo com a consultoria, o motivo da valorização continua sendo a baixa oferta de animais.

As praças da Bahia e Minas Gerais, praças pecuárias importantes no país, apresentam uma grande valorização nos preços da arroba. A abertura da semana trouxe um novo movimento de alta com preços superando a máxima de R$ 250. Esse valor vai deixando o estado de São Paulo, praça referência no país, muito atrás em relação aos preços praticados, o que força uma correção de alta na praça paulista.

“É uma alta mais tímida neste momento, na praça paulista, mas ela se consolidou. Vemos os preços a R$ 230 em São Paulo se sustentando e as demais praças subindo também nessa direção”, comenta o analista Yago Travagini.

As tentativas de compra no final da semana em São Paulo ficaram mais próximas de R$230,00/@, à vista. O abate segue enxuto em todas as regiões do Centro-Sul e a carne no atacado está sustentada em R$15,00/kg. Com MG e GO com preços acima da arroba paulista, a expectativa de preços mais firmes nos próximos dias, disse a Radar Investimento em seu relatório.

O Indicador do Cepea, subiu de forma significativa e trouxe um novo recorde para o período, fechando a R$ 229,25/@ nesta última sexta-feira. Esse é maior valor observado pelo CEPEA, considerando os últimos meses.

No aplicativo da Agrobrazil, foram observadas valorizações em algumas praças, com São Paulo fechando com média de R$ 230,67/@. Já abertura da semana trouxe uma nova máxima na praça baiana, com preços da arroba disparando e deixando São Paulo, com preços defasados em relação ao estado.

Pecuarista de Feira de Santana/BA, registrou informou negócios de R$ 260/@ com prazo de 30 dias para pagamento e abate programado para o dia 24 de agosto. O Estado possui uma das arrobas mais caras, segundo levantamento e comparação semanal realizada pelo aplicativo.

Boi gordo vai subir em São Paulo

De acordo com o analista, o cenário do boi gordo deve continuar com esta tendência por mais algum tempo. Porém, ele alerta que o mercado interno está ficando saturado, porque a população não tem condições de pagar mais pela carne bovina por conta da crise econômica gerada pela pandemia de Covid-19. “Mas há sim espaço para ir até R$ 240 [em São Paulo], avançando mais um pouco”, afirma.

Quanto à comercialização da proteína, Travagini afirma que a carne do dianteiro registrou altas mais facilmente por ser a preferida dos chineses, que ofertam mais pelo produto. Já os cortes do traseiro sofreram um pouco mais para se valorizar.

Com informações da Radar Investimento, Agrobrazil e Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com