Bezerro atinge R$ 450/@, onde vão parar os preços?

Bezerro atinge R$ 450/@, onde vão parar os preços?

PARTILHAR
Foto: @nelore_mocho_boticao

Os preços da reposição estão disparando por todo país, puxado pela menor oferta e as valorizações do boi gordo, preço da arroba passou de R$ 450, veja!

A trajetória de valorização nos preços da arroba da boiada gorda motivou também uma maior procura por animais de reposição no País, elevando também as cotações dessas categorias mais jovens. Os preços subiram, agora a grande dúvida é saber qual será o limite de alta nos preços atuais? Vamos tentar entender!

O recorde, até o momento, ficou com destaque para o mercado sul-matogrossense, onde os preços do bezerro disparam, com efetivações de negócios em torno de R$ 2.700,00 por cabeça, dependendo do tamanho e qualidade do lote. A informação foi divulgada em primeira mão pelo aplicativo da Agrobrazil.

O ciclo pecuário vem pressionando a oferta de animais nos últimos meses, desde meados de junho que o boi gordo sumiu do mercado e, para a reposição, a situação não tem sido diferente. O abate de fêmeas dos últimos anos trouxe uma menor oferta de animais desmamados para o atual momento.

Preços pelo Brasil e o recorde

Em São Paulo – referência para outras praças do País –, o valor médio para os bezerros chegou a R$ 2487,50/cab, na média parcial de outubro, conforme dados informados no aplicativo da Agrobrazil. Já a praça de Goiás teve média de R$ 2150/cab, seguido por Mato Grosso Sul com valor de R$ 2269/cab.

Segundo as informações da tabela abaixo, disponibiliza pelo aplicativo com exclusividade para o Compre Rural, o valor do animal teve uma alta de quase R$ 800,00 por cabeça, considerando a praça de paulista e janeiro como referência.

O destaque da semana, mostrando grande força para o atual momento, ficou para negocio realizado em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, o valor negociado por cabeça foi de R$ 2.700. Com um peso médio do 180 kg, temos um valor recorde da arroba de R$ 450,00.

Segundo a IHS, na região Norte do País, persiste a dificuldade na alocação de gado de reposição para comercialização nos leilões, cenário que também tem impulsionado os preços locais. Já na praça paulista, segundo o Cepea, o preço está em R$ 2.360,13/cab.

Qual o Futuro?

Os preços praticados na pecuária da cria, motivou a retenção de fêmeas no último ano, sendo assim é esperado que teremos no futuro uma maior oferta de bezerros. Por outro lado, existe uma demanda crescente na ponta consumidora e, esse encurtamento entre cria e engorda, acaba aumentando a procura pelos animais que, no curto e médio prazo pode não ser suficiente para suprir as necessidades.

Esse fator, terá grande impacto nos preços no curto e médio prazo. Sendo assim, é esperado que os preços praticados continuem alcançando patamares mais altos do que os observados neste momento. Para o pecuarista da cria, um bom momento. Para o pecuarista da recria/engorda, o momento é de fazer contas e se programar!

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com