Bezerro tem recorde de preço e preocupa pecuarista!

PARTILHAR
bezerro blonel - cruzamento nelore x blonde d aquitaine
Foto: Marcelo Rabinovitch

Preços da reposição não dão trégua ao produtor da terminação que vê suas margens apertadas mesmo diante da trajetória de alta da arroba, confira!

O preço da arroba do boi gordo vem seguindo uma boa trajetória de valorização ao longo deste ano. Segundo os dados divulgados, o preço sofreu uma valorização de 53% ao longo dos últimos 12 meses. Entretanto, a margem do pecuarista vem se espremendo diante da grande valorização do gado da reposição, em especial os bezerros. O Indicador voltou a bater recorde no estado sul mato-grossense, veja!

Diante desse mercado, produtores estão pagando mais de R$ 4.000,00/cab para os bezerros. Cenário que vem favorecendo o setor da cria e trazendo, por ora, certo temor em relação as margens de lucro do pecuarista da terminação que vê a relação de troca atingir o pior nível nos últimos anos.

Atualmente, o valor da arroba em São Paulo, permite ao pecuarista uma relação de troca de 1,76 animais, levando em conta um Bezerro Macho Nelore para reposição e com 7,5@. Esse é o pior nível nos últimos anos, lembrando que a média histórica era de 3 a 4 bezerros.

Essa semana, com as novas máximas da arroba, os preços do bezerro voltaram a se aquecer e quebrar recordes de preço. O Indicador do Bezerro Esalq/CEPEA, aponta para uma grande valorização e abriu a semana cotado a R$ 2.876,14/cab, sendo esse o novo recorde de preço para animais sul mato-grossense.

Os animais, no estado, tem mantido uma média de peso de 185 kg ao longo dos últimos meses, mostrando que a cria vem ganhando em investimento com melhoramento genético, trazendo padrão aos animais e precocidade no ganho de peso.

Segundo o app da Agrobrazil , os dados da tabela abaixo, os animais já tiveram uma valorização de R$ 273,81/cab para a praça paulista, que é referência no país. Não foram observadas desvalorizações em nenhuma das praças avaliadas pelo app.

Segundo a Scot Consultoria, os animais em todas as categorias da reposição, apresentaram valorização nos últimos dias. Segundo o fechamento de hoje, 16, os preços seguem a R$ 4350,00/cab para o Boi Magro e R$ 3990,00/cab para os garrotes. Veja a tabela abaixo!

Fonte: Scot Consultoria

Cenário da pecuária nacional e os bezerros

Grosso modo, o ciclo da pecuária segue o mesmo roteiro no Brasil e em qualquer lugar no mundo onde há produção de bovinos: arroba do boi gordo cai; maior abate de fêmeas; queda no número de vacas e bezerros; queda no número de boi gordo; arroba do boi sobe; bezerro se valoriza; produtor retém mais fêmeas; produção de bezerros e boi gordo sobem; conforme alta da produção, o preço da arroba cai, e aí recomeça o ciclo.

O cenário dado neste momento é que, em 2022 e 2023, o ciclo da pecuária começará a mudar, com a normalidade da cria e a maior oferta de bezerros e mais animais para o abate.

Se a tendência é de mais bezerros, de agora em diante, o que se verá no mercado serão animais mais baratos? Tem produtor achando que não deve ser bem assim. Vamos aguardar as cenas do próximo capítulo para ver o que teremos pela frente!

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.