Boi China abre a porteira e paga R$ 8 a mais por...

Boi China abre a porteira e paga R$ 8 a mais por arroba

PARTILHAR
Foto Divulgação

Aumento da demanda chinesa por carne brasileira já reflete em preços mais altos pago por animais jovens. Ágio chega até a R$ 8 por arroba. Confira!

A retomada das compras de carne bovina in natura brasileira por parte dos chineses tem influenciado nas referências de preços por animais mais jovens. No entanto, o padrão de animais para exportação, com 30 meses e quatro dentes, estão muito difíceis de serem encontrados no período de safra. 

Segundo  o Consultor em Gerenciamento de Riscos da INTL FCStone, Caio Toledo Godoy,  o mercado está estável diante da baixa oferta de animais e uma demanda interna e externa segue firme. Do lado do consumo, os supermercados começaram a ficar desabastecidos com a população fazendo estoques. Outro fator que colaborou para o enxugamento dos estoques foi a China retomando as compras de carne bovina in natura.

Demanda é por animais de até 30 meses ou 4 dentes , características que são mais difíceis de encontrar em período de safra.

“O consumo doméstico tem registrado uma procura maior pelo fato da população estar estocando alimentos com o avanço do coronavírus. Além disso, a China retomou as compras de carnes para recompor os estoques no País”, comenta. 

A grande incerteza do mercado é como o consumo doméstico vai se comportar após o cenário de pandemia se normalizar. “Por mais otimista que eu seja olhando o mercado, temos o receito da economia voltar aos patamares de  2018 e como será o comportamento da população com o consumo da carne bovina. Caso o mercado interno não aceite pagar pelo o preço podemos ter um impacto significativo no preço da arroba”, relata.

Essa pressão altista, incentivada pela posição mais cautelosa dos produtores, ficou ainda mais forte diante da baixa escala dos frigoríficos e das notícias de que a China, finalmente, voltou a ativar as compras de proteínas pelo mundo, após o maior controle local da pandemia do coronavírus. No caso baixa escala na indústria, ela é consequência  da enorme escassez de oferta de boiadas prontas.

Negócio informados

O Boi China, segundo o GPB, teve negócio realizado hoje no estado de São Paulo, saindo com preço de R$ 205 por arroba, com pagamento à vista.

Segundo o app da Agrobrazil, os pecuaristas tem informado os negócios do Boi China na cidade de Nova Xavantina/MT, por R$ 190 com pagamento à vista e abate para o dia 02 de abril, mas o frente é por conta do vendedor. Já para o boi gordo, mercado interno, em Rancharia/SP, o valor é de R$ 200/@ com 30 dias para pagar e abate para o dia 30 de março.

Uma coisa é certa, o preço por tonelada de carne no mercado já é de U$ 4800, ou seja, estamos com excelentes perspectivas no mercado de exportação e o Brasil precisa voltar os olhos para esse mercado promissor, principalmente neste momento de crise interna com o coronavírus.

Compre Rural com informações do GPB, Agrobrazil e Notícias Agrícolas https://bit.ly/agrobrazilapp

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com