Boi gordo se valoriza e SP registra negócios a R$ 229

Boi gordo se valoriza e SP registra negócios a R$ 229

PARTILHAR
Foto Divulgação

O mercado chinês continua responsável pelos preços melhores, ofertas de R$230,00/@ para o macho e R$220,00/@ para a novilha gorda, ambos à vista, bruto.

A consultora Agrifatto, mostra que a quarta-feira foi marcada pela indecisão no mercado atacadista paulista de carne bovina. Com as vendas travadas, o clima que paira no ar é o de achismo quanto ao que irá acontecer nesta quinta-feira, dia tipicamente mais movimentado.

A proximidade da segunda quinzena do mês pode puxar os preços para baixo, porém, ainda há pouca disponibilidade de matéria-prima, o que certamente manteria os preços firmes. Neste cenário ainda nebuloso, os preços encerraram o dia estáveis, a carcaça casada bovina segue na casa dos R$ 14,80/kg.

Já no B3, o dia foi de pequenos ajustes negativos em alguns contratos futuros. O contrato de vencimento mais próximo, o agosto/20, encerrou o dia em R$ 226,30/@ (+0,35). O outubro, o mais movimentado do dia, fechou em R$ 223,00/@ (-0,04%).

Segundo Scot Consultoria

Com boa parte dos frigoríficos com escalas mais longas, o cenário hoje foi de calmaria nas praças pecuárias paulistas. O boi gordo está cotado em R$226,00/@, preço bruto, à vista. A cotação da vaca está em R$211,00/@ e a novilha em R$220,00/@, nas mesmas condições.

O mercado chinês continua responsável pelos preços melhores, ofertas de R$230,00/@ para o macho e R$220,00/@ para a novilha gorda, ambos à vista, bruto.

Bahia

A oferta limitada levou a uma inversão dos preços em relação ao referencial de base (São Paulo) no estado baiano nesta semana. 

No oeste do estado o boi gordo está cotado em R$229,00/@, bruto e à vista, R$228,50/@ à vista, descontado o Senar e, R$225,50/@ à vista descontados impostos. Alta diária de R$1,00/@ ou 0,45%. 

No sul do estado o boi gordo está cotado em R$230,00/@, bruto e à vista, R$229,50/@ à vista, descontado o Senar e, R$226,50/@ à vista descontados impostos. Alta diária de R$1,00/@ ou 0,44%.

Demais praças

O cenário de oferta limitada e escalas curtas levou ao aumento de preços em dez praças monitoradas pela Scot Consultoria. A expectativa para o restante da semana é de preços sustentados pela oferta limitada.

Safras&Mercados

Na capital de São Paulo, os preços do mercado à vista passaram de R$ 228 para R$ 228/R$ 229 por arroba. Em Uberaba (MG), permaneceram em R$ 227 por arroba. Em Dourados (MS), ficaram em R$ 220. Em Goiânia (GO), caíram de R$ 221 para R$ 220/R$ 221 por arroba. Já em Cuiabá, subiram de R$ 206 para R$ 207 por arroba.

Atacado

No mercado atacadista, os preços da carne bovina continuam firmes. Conforme Iglesias, a expectativa é por um movimento mais moderado de alta na segunda quinzena de agosto, período que contará com um menor apelo ao consumo.

Com isso, a ponta de agulha permaneceu em R$ 13 o quilo. O corte dianteiro seguiu em R$ 13,30 o quilo, e o corte traseiro continuou em R$ 15,60 o quilo.

Com informações da Agrifatto, Agência Safras e Scot Consultoria

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com