Boi gordo tem forte alta na B3

PARTILHAR
Foto: AgroinBlue

Correção ou novidades? Preço do boi gordo na B3 tem forte alta após sequências de desvalorizações; Confira o que disse a Agrifatto!

Enquanto se espera pela liberação das certificações de carne bovina à China, as negociações no mercado físico do boi gordo em São Paulo evoluem a passos lentos. Como a baixa liquidez ainda prevalece, os abates são programados para atender quase que basicamente o mercado interno.

Com isso, as negociações se concretizam em sua maioria na casa de R$ 280,00/@. Na B3, o contrato futuro de boi gordo com vencimento para outubro/21 passou por recuperação e fechou cotado em R$ 284,35/@, valorizando 3,61% no comparativo diário.

No mercado atacadista de carne bovina, os preços dos principais cortes bovinos comercializados seguem sem alterações, porém com pressão de baixa, devido a oferta excedendo a demanda. Com isso, a carcaça casada bovina segue cotada em R$ 18,80/kg

Soja

Acompanhando a alta em Chicago, a soja se valoriza no mercado físico brasileiro. Em Paranaguá/PR, a oleaginosa é comercializada na média dos R$ 172,00/sc.

Após atingir os menores patamares dos últimos 9 meses, os contratos futuros da avançaram na CBOT impulsionados pelo óleo de soja. O vencimento novembro/21 teve uma alta de 1,19% e fechou o dia sendo cotado a US$ 12,50/bu.

Milho

O plantio da primeira safra do milho 21/22 já superou 24% das áreas destinadas para o cultivo do grão no Brasil, com os estados do Sul se sobressaindo nessa etapa do cultivo. No mercado físico a baixa liquidez mantém os preços estáveis pelo país, com a saca em Campinas/SP vendida na casa dos R$ 92,00. No pregão de terça-feira na B3, os futuros encerraram com uma leve alta baixa, o vencimento novembro/21 recuou 0,15% sendo cotado a R$ 90,27/sc.

O avanço da colheita nos EUA segue como fator baixista para os contratos futuros de milho na Bolsa de Chicago, que encerram o pregão em queda. O vencimento dezembro/21 ficou valendo US$ 5,37/bu, recuo de 0,60%

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.