Brasil exporta 167,74 mil toneladas de carne, veja

Brasil exporta 167,74 mil toneladas de carne, veja

PARTILHAR
carcacas bovinas da raca angus
Foto: Roberto Barcellos

Apesar de não ter superado a máxima, foi recorde para o mês de novembro e o segundo maior volume enviado neste ano, confira os dados abaixo!

As exportações de carne de carne bovina in natura encerraram o mês de novembro com volume de 167,74 mil toneladas enviadas e uma receita de aproximadamente US$ 738,52 milhões. Apesar de não ter superado a máxima, foi recorde para o mês de novembro e o segundo maior volume enviado neste ano, ficando atrás somente de julho, quando foram enviadas 169,25 mil toneladas.

No mercado futuro, o dia foi de baixas. O contrato vigente, o dezembro/20, encerrou a terça-feira cotado a R$ 267,45/@, acumulando baixa diária de 2,23%, o menor valor desde 08/10/2020. Já o janeiro/21, fechou a R$ 258,80/@, registrando queda de 2,03% ante a véspera.

Milho

Com o dólar chegando aos R$ 5,22 e reduzindo a competitividade do milho brasileiro no mercado exportador, o preço do cereal em São Paulo recuou por mais um dia, estabelecendo os R$ 78,00/sc como referência de negócios. Na B3, o dia foi de forte desvalorização, com o contrato para janeiro/21 sendo negociado nos R$ 75,42/sc, 3,36% abaixo do fechamento da segunda-feira.

Foram 4,90 milhões de toneladas de milho embarcadas no mês de novembro/20, 5,05% a menos do que em outubro/20, o maior da história para um mês de novembro. Com o preço internacional do milho avançando fortemente durante o mês de novembro/20, a receita obtida com as vendas de milho gerou um total de US$ 887,49 milhões, 3,08% a mais do que em outubro/20. Sendo este o segundo melhor resultado da história para um mês de novembro.

Soja

A junção de desvalorização do dólar e da CBOT fez a pouca quantidade de soja que ainda resta no Brasil ter como referência para negócios os R$ 160,00/sc. Em Chicago, o contrato para janeiro/21 recuou 0,56%, sendo negociado a US$ 11,62/bu. A volta das chuvas em grande parte do Brasil é o que continua pressionando as cotações da oleaginosa nos EUA.

O total de oleaginosa exportada no último mês chegou a 1,47 milhão de toneladas, 41% a menos do que em outubro/20. A escassez de soja continua a pesar sobre as exportações de soja. A receita obtida com a venda de soja no mês de novembro/20 chegou a US$ 542,32 milhões, 41% a menos do que em outubro/20. É a primeira vez desde novembro/16 que a receita de exportação com a venda soja fica abaixo da receita de milho.

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com