Rebanho morre eletrocutado e prejuízo é de R$ 150.000

Rebanho morre eletrocutado e prejuízo é de R$ 150.000

PARTILHAR
Foto Ilustrativa

Um grande prejuízo, um acidente que na maior parte não pode ser evitado, acabou trazendo prejuízos ao homem do campo, é o rebanho que morre eletrocutado!

A estrutura de uma torre de energia elétrica cedeu, e um fio de alta tensão atingiu o solo matando dez bois em Felixlândia, na região Central de Minas Gerais. A Polícia Militar foi acionada para o local e registrou um boletim de ocorrência a pedido do dono dos animais. 

Algumas situações, como as que são citadas nesta matéria, podem ser mitigadas, quando se realiza algumas tarefas como, manutenção da rede elétrica que passa pelos pastos e, quando de responsabilidade da empresa, documentar através de imagens a situação em que se encontram as torres e fios.

Um conserto inicial foi feito pela empresa responsável que prometeu voltar e fazer um reparo completo. Alguns moradores da cidade ficaram sem energia elétrica.

A torre se rompeu às margens da MGC -259, e o fio atingiu os animais. O dono dos bois disse que o prejuízo estimado é de R$ 150 mil. 

Segundo as informações apuradas, a torre caiu pelo desgaste do tempo, falta de manutenção e descaso da empresa responsável pela rede elétrica do local, uma tragédia que poderia ter sido evitada.

Em outro caso, que ocorreu nesta segunda-feira, 30, o produtor perdeu seu rebanho, também por conta de um poste de alta tensão que caiu no pasto.

Uma situação inusitada trouxe tristeza e prejuízos ao produtor rural Neri Godoy, de 58 anos, da Reserva dos Kroth, interior de Santa Cruz do Sul. Na manhã dessa segunda-feira, 30, o genro dele, Cristian Junkherr, foi ao campo onde o sogro mantém um lote de gado e deparou-se com cinco reses mortas, ao lado de um poste da rede elétrica caído.

Godoy acredita que a queda do poste aconteceu na madrugada de domingo, 29. As vacas, todas com cerca de 4 anos, estavam pastando e encostaram no fio de energia, o que resultou em um choque que levou os animais à morte. Das cinco vacas mortas, quatro estavam prenhas e uma havia dado à luz um terneiro há poucos dias.

Um vizinho acabou acionando a RGE para o desligamento da rede. Até a tarde de ontem, contudo, o fio ainda tinha corrente elétrica. Para Godoy, foi a primeira experiência desse tipo.

“Nunca tinha passado por nada igual. Além da tristeza pela morte das vacas, fica o prejuízo, já que elas estavam cobertas”, comentou o produtor rural.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com