Campeão Mundial constrói fazenda para 22.000 bois; Fotos

PARTILHAR

Empreendimento contará com confinamento de 22 mil cabeças de gado; Ele foi Campeão Mundial pelo Inter e agora constrói mega confinamento estimado em R$ 22 milhões.

Município com pouco mais de 6 mil habitantes no sul do Estado, Cerrito vai receber, nos próximos meses, um empreendimento interessante do agronegócio. Trata-se da Fazenda CMS, um projeto com 157 hectares de área total que vai funcionar como confinamento para 22 mil cabeças de gado para exportação. Conhecida na mídia como a A CMS Agroindustrial, ela foi fundada em 2018.

O sucesso da empresa conta com um grande Campeão Mundial, o negócio tem como CEO e um dos fundadores Clemer Silva, ex-goleiro do Inter, e um investimento inicial de R$ 22 milhões. Os profissionais desenvolveram um sistema, que é focado na Gestão dos Processos do Negócio Confinamento, tornando a tomada de decisão das atividades diárias com maior nível de assertividade.

A licença de instalação da fazenda foi entregue em junho e o projeto segue a todo vapor. Segundo o prefeito Douglas Silveira, as obras já criadas e estão em fase de terraplanagem. O projeto será construído em dois módulos. O primeiro terá capacidade para 14 mil cabeças de gado e o segundo, depois, para mais 8 mil animais.

Ainda segundo as informações, a propriedade conta com uma área total de cerca de 157,88 hectares, e será destinada a construção de um mega confinamento para 22.000 cabeças de gado, onde será realizada toda a operação. Serão divididos em três módulos, a serem feitos da seguinte maneira:

  • EPE¹ – I: Capacidade estática para 6.000 Cabeças;
  • EPE¹ – II: Capacidade estática para 8.000 Cabeças;
  • EPE¹ – III: Capacidade estática para 8.000 Cabeças;

Com uma localização estratégica, a propriedade visa atender vários mercados em um raio de apenas 200 km. A operação é Auto Sustentável, conforme as informações do projeto.

  • Produção Alimentos/Silagem: Reaproveitamento dos dejetos gerados pelos animais na operação de confinamento, para fertilização orgânica dos solos cultiváveis, aumentando em aproximadamente 200% a produção de forrageiras e silagem para suplemento da dieta a ser consumida pelos animais confinados; 
     
  • Estruturas de Apoio: Prédios das áreas de apoio, como balança, almoxarifado, escritórios, salas de reunião, refeitório, sanitários, vestiários e dormitórios, construídos com o reaproveitamento de containers marítimos reefer (Por Empresa especializada).
Área do terreno

O prefeito informou também que o projeto deve gerar entre 40 e 50 empregos diretos, além de outros mil indiretos. O início da operação está previsto para outubro ou novembro. A estrutura da fazenda contará também com área administrativa, balança de pesagem, silos e centro de manejo.

Serão instaladas, ainda, placas solares para geração de energia. A água virá da perfuração de poços artesianos de grande vazão, captação de fontes naturais da área, captação de açudes e reaproveitamento da chuva. O empreendimento também terá estruturas de apoio com almoxarifado, escritórios, salas de reunião, refeitório, vestiários e dormitórios construídos com o reaproveitamento de contêineres marítimos.

– É um empreendimento importante, bem localizado. Nosso município tem uma localização privilegiada, estamos a cerca de 120 milhas do porto de Rio Grande, seis milhas da BR 293 e 14 milhas da BR 116. Então, há acesso para escoamento desses animais – explica Silveira.

O projeto começou a ser planejado no final de 2019 e tomou mais fôlego no fim do ano passado. Foram visitadas cerca de 40 propriedades em 20 municípios até a decisão do local do empreendimento.

CONFIRA ABAIXO 10 FOTOS IMPRESSIONANTES DA ESTRUTURA DA FAZENDA:

Os profissionais desenvolveram um sistema, que é focado na Gestão dos Processos do Negócio Confinamento, tornando a tomada de decisão das atividades diárias com maior nível de assertividade.

O Sistema pensado e desenvolvido internamente, esta preparado para obter 100% de rastreabilidade dos animais envolvidos no processo de exportação, bem como montar indicadores que possam retroalimentar o meio rural com as necessidades do mercado consumidor.

O Sistema foi todo desenvolvido no conceito aberto de cadastros, flexibilizando os mais diversos tipos de exportação de animais vivos, sejam bovinos, bubalinos, equinos, ovinos, caprinos e etc, controlando todo o processo operacional desde a propriedade rural até a entrega do animal no deck do navio.

Foram desenvolvidos Módulos de cadastros gerais, financeiro contas a pagar e receber, suprimentos de animais vivos e dieta alimentar, comercial mercado externo e interno, controle sanitário e manejo, lavoura e logística multimodal.

O sistema além de garantir os processos internos da companhia, padroniza as informações necessárias para os órgãos de legislação sanitária e manejo, como Ministério da Agricultura, Vigiagro, Inspetoria Sanitária e autoridades rodoviárias e portuárias.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com