Carnes: preços recordes e exportações aquecidas em 2020

Carnes: preços recordes e exportações aquecidas em 2020

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Nos últimos 12 meses, os preços das carnes bovina, de frango e suína tiveram aumento de 60,8%, 28,8% e 69,5%, respectivamente. Confira o relatório.

As proteínas animais registraram forte alta nos preços, aumento de custo e expansão das exportações em 2020, destaca análise feita pela Cogo – Inteligência em Agronegócio. Nos últimos 12 meses, os preços das carnes bovina, de frango e suína tiveram aumento de 60,8%, 28,8% e 69,5%, respectivamente.

No caso do boi gordo, Em São Paulo, o preço médio atingiu um recorde real de R$ 262,03/arroba, com altas de 5,3% nos últimos 30 dias. A Cogo ressalta que a tendência é de novas altas, com a demanda mais aquecida, especialmente para exportação e com a baixa oferta de bovinos para abates.

Além disso, as exportações continuam aquecidas, mas com reajustes de cotações aquém da variação dos preços da matéria prima. De janeiro a setembro, as exportações de carne bovina somam 1,460 milhão de toneladas, 9,6% superiores ao mesmo período de 2019, com receita de US$ 6,1 bilhões, mesmo período de 2019, com receita de US$ 6,1 bilhões, 19,6% acima do mesmo período do ano passado.

Confira a análise completa no relatório completo da Cogo – Inteligência em Agronegócio!

Com informações da COGO e Canal Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.