Central adiciona cores diferentes para palhetas de sêmen

PARTILHAR
Palhetas - Central Bela Vista 2
Foto: Divulgação

Central Bela Vista inova ao usar cores para diferenciar palhetas de sêmen para touros de leite e de corte; novidade aumenta a segurança na identificação

A Central Bela Vista, maior produtora de sêmen bovino da América Latina, apresenta uma inovação no setor: as palhetas de sêmen coloridas, diferenciando as doses destinadas a gado de corte (cor verde) e de leite (cor amarela). As palhetas coloridas substituem as anteriormente utilizadas que são transparentes, comuns no mercado. Para o criador, a novidade aumenta a segurança na identificação, manuseio e uso final das doses. A nova padronização visual também agrega robustez e integridade ao processo logístico até o cliente final.

As novas cores serão usadas nas palhetas finas e médias e começam a ser disponibilizadas para o mercado brasileiro com esse novo padrão em março, para todos os clientes da empresa. O uso de cores na diferenciação das palhetas já é utilizado no sêmen sexado (rosa para as fêmeas, azul para os machos). “Nosso foco é melhorar continuamente a experiência do cliente com nossos produtos e serviços”, explica Gerson Sanches, gerente de operações da Central Bela Vista. “Investimos seis meses no desenvolvimento desse projeto”, comenta ele.

Palhetas - Central Bela Vista 2
Foto: Divulgação

Em 2020, a Central Bela Vista produziu 4 milhões de doses de sêmen bovino, sua melhor marca histórica, e para 2021 a empresa projeta expansão desse recorde. O mercado continua forte. “Nossos contratos até janeiro deste ano já somavam 1 milhão de doses acima dos contratos firmados em janeiro de 2020”, comparou Sanchez. E, segundo ele, a empresa está pronta para atender à demanda: em dezembro passado, uma ampliação de piquetes de coleta de sêmen em sua base de Botucatu (SP) ampliou a capacidade produtiva da Central em 20%.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com