Vídeo: China envia sementes misteriosas pelo mundo

Vídeo: China envia sementes misteriosas pelo mundo

PARTILHAR
china-mailed-seeds-02-ht-jc-200728_1595951290821_hpMain_16x9_992
Foto: Divulgação

Sementes estão chegando na casa de americanos sem ser solicitado. Chineses afirmam que envios podem ter sido falsificados; EUA investigam o caso

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, em inglês) abriu uma investigação para apurar a chegada de diversos pacotes de sementes misteriosas vindos, em sua maioria, da China.

Os departamentos de agricultura de Washington, Louisiana, Kansas e Virgínia confirmaram que moradores locais receberam pacotes semelhantes. Segundo as autoridades de Kansas, algumas das encomendas eram rotuladas como contendo joias ou bijuterias. No entanto, elas continham diferentes tipos de sementes.

O USDA disse que identificou mais de uma uma dúzia de espécies de plantas. O que intriga as autoridades é que o produto chegou na casa de milhares de americanos sem ter sido comprado ou solicitado.

Segundo a agência de notícias Reuters, embora as plantas pareçam inofensivas, especialistas alertam de que sementes vindas de outros países podem prejudicar a produção local de commodities agrícolas, como soja e milho.

Em meio a um momento de tensão crescente entre Estados Unidos e China, um episódio ainda sem explicação pode contribuir para aumentar a desconfiança entre os dois países. Nos últimos dias, moradores de vários estados americanos relataram terem recebido pacotes de sementes vindos da China sem que tivessem solicitado. Em quatro estados, autoridades locais já emitiram comunicados de alerta pela situação.

As autoridades locais têm alertado os moradores para a possibilidade de as sementes serem invasivas ou nocivas de alguma forma. “As sementes não solicitadas podem ser invasivas, introduzir doenças nas plantas locais ou prejudicar a pecuária”, diz o comunicado do Departamento de Agricultura de Washington.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.