Como lucrar alto com bezerro de R$ 2230, veja!

Como lucrar alto com bezerro de R$ 2230, veja!

PARTILHAR
Confinamento e Boitel VFL BRASIL. Foto: Marcella Pereira

O preço da reposição subiu e é preciso ficar atento. Afinal, da para lucrar comprando um bezerro de R$ 2230? Veja como fechar a conta para esse animal!

Antes de mais nada, é preciso entender que: “O que determina se a atividade vai dar dinheiro ou não é sua capacidade de gerir todos os recursos que você tem dentro da fazenda”. A pecuária de corte passa por um momento de glória em todas as fases de criação, desde a cria até a engorda, tendo os valores dos animais se valorizado de forma rápida nos últimos meses.

Para contextualizar, antes de mostrarmos as contas para se lucrar com esses animais, é preciso entender porque estamos com os atuais preços sendo praticado na reposição e também no mercado do boi gordo. Vamos lá?

A maior demanda chinesa pela carne, desde 2019, refletiu em uma maior pressão no mercado, trazendo uma nova onda de valorização para o preço do arroba. Além disso, é preciso ter em mente o grande volume de fêmeas que vieram sendo abatidas nos últimos anos, já que o preço do bezerro estava “barato”. Diante disso, o Brasil passa por um déficit de animais disponíveis para engorda e consequentemente menor oferta de animais para abate.

Atualmente, as exportações do Brasil representam cerca de 35% da carne que é produzida e o mercado interno está com o consumo defasado, já que a população vive uma pandemia. Os frigoríficos, hoje, trabalham com uma escala de abate em torno de 4 a 5 dias, extremamente curta para o período do ano. Todos esses fatores que foram supracitados, trazem uma forte pressão de sustentação nos atuais preços da arroba.

Mas e o preço da cria? Bom, como é de se esperar, o preço do animal de reposição segue o mercado do boi gordo. Com um cenário de alta e bons preços para a arroba do boi gordo, o recriador invernista busca repor os seus animais, trazendo uma maior demanda para o mercado da reposição.

No gráfico acima, temos as médias dos preços informados pelos pecuaristas no app da Agrobrazil, um dos grandes aliados para quem quer ficar por dentro de tudo no mercado do boi!

A resposta que vale muito dinheiro nesse atual cenário: Como lucrar alto com o bezerro de R$ 2230

O mercado hoje tem um bezerro, nelore ou anelorado com o coro solto e um cupim, precificado acima de R$ 2000, independente da região do país. Sendo assim, muitos pecuaristas estão se perguntando como fechar essa conta para um animal desse valor. Vamos mostrar alguns números animadores, mas claro que o fator principal é a sua estratégia para chegar nesses números.

Antes, tenha em mente um pensamento que poucos pecuaristas conseguem enxergar nesse momento:

1- O preço pago por kg de bezerro foi realmente alto, mas esses bezerros possuem uma genética diferenciada, sendo boa parte tricross (vacas meio sangue angus, inseminadas com simental preto) e também filhos de TETF, que se espera um desempenho superior na recria e terminação, potencializando todo o investimento.

2- O risco da atividade aumenta, mas mesmo assim não chega no risco da agricultura.

3- A expectativa é que o preço de venda seja mais alto do que o atual. A lógica desse pensamento é que o bezerro em falta hoje, é o boi que vai faltar amanhã. E também existe o diferencial de preço para animais diferenciados.

Vamos as contas

O pecuarista que acabou de comprar esse animal, precisa fazer o giro desse capital em torno de 16 meses de operação, ou seja, esse animais será abatido com uma idade média de 22 meses. Sendo assim, vamos dividir as fases para melhor visualizar os números.

Fase de Cria: Período de Seca

Valor da arroba na entrada será de R$ 330 com um peso médio de 200 kg, ou 6,7@. O período de seca, onde ocorre um menor ganho de peso, teremos uma média de 150 dias, para colocar nesses animais um ganho diário de 0,400 kg/cab/dia. Sendo assim, o peso final será de 260 kg, com um custo de R$ 300/cab. Lembre-se de usar um proteinado nessa época.

Fase de Recria: Período das Águas

Esse animal chegou então, em dezembro, com um peso de 260 kg, aqui agora é hora do pulo do gato. Teremos agora um período de 210 dias para poder garantir que esse animal entre com um peso médio de 380 kg no confinamento. Para isso, será preciso um ganho médio de 0,600 kg/cab/dia. Lembrando que o custo médio é de R$ 312,06/cab no período, usando um proteinado.

Fase de engorda: Confinamento

Os animais chegam até aqui com um peso de 12,6 @. precisamos garantir um ganho de peso de 1,750 kg/cab/dia, para que ele finalize o ciclo pesando 596,00, considerando um rendimento de carcaça de 57%. Lembrando que esses animais tem alto valor genético e conseguem alcançar esses números quando utilizado uma dieta de precisão. O custo será de R$ 1134,00 + R$ 241,44 (imposto).

Valor da arroba produzida em cada fase:

  • Cria: R$ 150,00
  • Recria: R$ 74,30
  • Confinamento: R$ 162,00

Lucro total com esse animal:

  • Custo total: ( R$ 2230,00 + R$ 300 + R$ 312,06 + R$ 1134,00 + R$ 241,44) = R$ 4.190,50
  • Valor de venda: R$ 5.254,34 – R$ 4190,50 = R$ 1.063,84

Diante do que foi dito acima, não há dúvidas de que esse animal dá lucro, desde que seja feito de forma planejada e com estratégias dentro da fazenda. Além disso, preciso pontuar que esses animais devem ter uma genética de qualidade, que permita um ganho de peso e carcaça para poder alcançar esses números.

E você pecuarista, está esperando o que para poder lucrar com a bezerrada? Grande abraço e boa sorte, aliás, boas compras!

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com