PARTILHAR

Confinamento no semiárido baiano, tem capacidade para mais de 40 mil animais e abate cerca de 100 mil animais por ano. Conheça o maior confinamento da Bahia!

Com foco na cadeia produtiva da carne bovina, a Captar Agrobusiness Confinamento, atua desde o ano de 2010 no confinamento de animais. Hoje consolida-se com uma operação verticalizada na cadeia bovina – unidades de confinamento, fábrica de ração e adubo orgânico mineral – integrando o semiárido ao Oeste baiano, e garantindo qualidade em cada parte do processo. Conheça o maior confinamento da Bahia!

Em plena região do semiárido da Bahia, um projeto de confinamento se destaca por números grandiosos e planos ainda maiores para o futuro. Trata-se da Captar Agrobusiness Confinamento, localizada no município de Luís Eduardo Magalhães (BA), assessorada desde outubro de 2018, pela Nutron/Cargill, grande parceira do confinamento e outros projetos.

O projeto começou em 2004, mas já em 2008 iniciou-se o semi-confinamento na área que, em 2011 deu inicio ao confinamento com capacidade estática para 12.500 animais. O trabalho e foco na produção de carne com qualidade, trouxe uma expansão em 2014 para 25.000 animais, mas a Captar Agrobusiness Confinamento tinha números ainda mais desafiadores e abateu em 2016, cerca de 39 mil animais.

Como o sonho é sempre objetivo a ser realizado, a empresa optou e apostou certo, a maior demanda e excelente gestão, trouxe em 2020 uma ampliação no confinamento e hoje são 40 mil animais estáticos na propriedade. Assim, a Captar se torna uma gigante da pecuária e traz orgulho para quem é parceiro, colaborador e cliente da empresa que também funciona como Boitel.

Atualmente, a empresa atua nas áreas de Integração, Confinamento, Boitel, Nutrição e Adubos, afinal é um orgulho fazer parte do agronegócio! A sua localização estratégica é um diferencial, com uma grande oferta de insumos tem possibilidade de oferecer uma dieta barata para seus parceiros no Boitel.

Captar-Agrobusiness-Confinamento-1
Foto: Divulgação

Captar Agrobusiness Confinamento

O pecuarista ou investidor que busca a empresa para a engorda dos seus animais, encontra diferenciais como menor custo com dieta, transparência nos resultados e um sistema que permite acesso em tempo real dos índices dos lotes. Além disso, o pecuarista ganha em produtividade, rentabilidade e até mesmo na otimização de uso das pastagens.

Conheça o maior confinamento do Nordeste

Modalidades do Confinamento:

  • Arroba fixa;
  • Boitel;
  • Arroba produzida;
  • Compra Direta.

Alguns números que dão orgulho

A parceria entre a Nutron/Cargill e a Captar existe desde 2018 e o confinamento é atendido pelo consultor de confinamentos, Pedro Pires. Em 2019 foram 40 mil animais terminados no confinamento, com rendimento de carcaça de 56% para machos e 52,5% para fêmeas. Outro índice interessante foi o de peso médio de abate, que ficou em 22 arrobas para machos e 14,5 arrobas para fêmeas.

Conheça o confinamento

Captar-Agrobusiness-Confinamento-fabrica-de-racao
Fabrica de ração / Foto: Captar Agrobusiness
confinamento-no-semi-arido
Foto: Captar Agrobusiness

Atualmente, a empresa oferece animais acabados com padrão de peso, garantia de sanidade, disponibilidade de escala para abate e, principalmente, carne de alta qualidade o ano inteiro.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com