Equilíbrio perfeito NeloreCEN: melhoramento e morfologia

PARTILHAR
Fêmeas-NeloreCEN
Foto: NeloreCEN

Ferramentas de seleção desenvolvidas pelo NeloreCEN identificam animais superiores em biótipo, precocidade, funcionalidade e raça.

Rusticidade, equilíbrio e performance. Este é o lema da Genética NeloreCEN que, em 2018, completa cinquenta e três anos de seleção e melhoramento da raça. Comandado pelo pecuarista Carlos Eduardo Novaes, o Cadu, o criatório seleciona reprodutores e matrizes na Fazenda Crioula, em Valparaíso (SP), em sinergia entre o melhoramento genético e a funcionalidade.

“Selecionamos nossos animais priorizando características que, acreditamos, fizeram do Nelore a principal raça de corte do Brasil. Damos preferência por animais de tamanho médio, compridos, profundos, bem arqueados, musculosos e de bom temperamento”, afirma Cadu Novaes.

Leia também

“Touro nelore tem que ser rústico, ter bons aprumos e se movimentar com grande facilidade. Tem que correr atrás de vaca”, enfatiza o pecuarista, lembrando que as novas gerações carregam no pedigree o bom desempenho dos raçadores do NeloreCEN, a genética melhoradora e a habilidade materna.

Sobre o NeloreCEN

A história do NeloreCen teve início em 1965. Desde o princípio, os trabalhos focavam o aumento da produtividade para a produção de carne, preservando-se a boa caracterização racial, utilizando técnicas até então pouco difundidas, como a Inseminação Artificial. O uso da IA com touros escolhidos por sua conformação e performance garantiu à propriedade a vanguarda em trabalhos de seleção.

Carlos-Eduardo-Novaes
Carlos Eduardo Novaes / Foto: NeloreCEN

O criatório seleciona reprodutores e matrizes na Fazenda Crioula, em Valparaíso (SP), e tem seu rebanho avaliado por dois programas de melhoramento.

A genética NeloreCEN está espalhada pelo Brasil e em diversos países, como Argentina, Paraguai, Bolívia, Peru, Colômbia, México, Angola e Moçambique.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.