Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Estudo estima recorde de vendas de máquinas da linha amarela em 2022

O ano de 2022 entra para a história do mercado de máquinas da linha amarela com previsão de crescimento de 27% para a comercialização de equipamentos para construção

O ano de 2022 entra para a história do mercado de máquinas da linha amarela (movimentação de terra) ao consolidar a recuperação do setor, com estimativa de recorde de vendas. O Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção, da Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema), prevê 39,9 mil unidades comercializadas, o que representa um crescimento diante de 2021, quando foram vendidas 33,1 mil máquinas. Essa quantidade supera em 19,6% o melhor ano obtido pelo segmento, em 2013, quando mais de 33,4 mil equipamentos foram comercializados.

O crescimento sustentável do setor se iniciou em 2017 e o resultado deste ano se deve ao aumento e à substituição de frota tanto das construtoras como das locadoras para atender as demandas nas áreas de infraestrutura, construção pesada, agronegócio, mineração e florestal. As concessões, os investimentos em reubarnização, a entrada de novos players no segmento do rental, a continuidade das obras residenciais, comerciais e industriais e das exportações e produção do agro nacional são algumas razões que explicam o recorde desse mercado.

O destaque da linha amarela fica por conta da alta nas vendas das pás carregadeiras (26%, com 10,2 mil unidades), escavadeiras hidráulicas (24%, com 11,9 mil) e retroescavadeiras (18%, com 9,3 mil). O Estudo da Sobratema aponta ainda um crescimento de 19% para as motoniveladoras e de 20% para os tratores de esteira. O índice negativo fica por conta dos caminhões fora de estrada que obtiveram uma redução de 53% nas unidades vendidas.

A categoria “demais equipamentos”, que engloba guindastes, compressores portáteis, manipuladores telescópicos, plataformas elevatórias e equipamentos para concreto, também prevê um cescimento de 47% ante 2021, com 7,2 mil unidades comercializadas, com destaque para o aumento de 94% nas vendas de plataformas elevatórias.

O relatório da Sobratema mostra ainda que os equipamentos para concreto também seguem a curva de crescimento, mesmo com a retração nos últimos meses das vendas de cimento. A comercialização de autobomba com mastro de distribuição deve registrar uma elevação de 186% neste ano ante 2021, equanto as bombas estacionárias rebocáveis devem chegar a uma alta nas vendas de 65% em 2022. Por outro lado, os caminhões betoneira devem sofrer uma baixa de 6% nas vendas.

Em relação à comercialização de caminhões rodoviários e tratores pesados de pneus demandados na construção, a previsão é de crescimento de 39% e 15% neste ano, respectivamente, perante o ano anterior.

Com as categorias de equipamentos alcançando vendas expressivas, o Estudo de Mercado da Sobratema estima que as vendas totais de máquinas para construção devem aumentar 27% em 2022 em comparação a 2021, alcançando 65,1 mil unidades comercializadas neste ano contra 51,1 mil unidades no ano anterior.

Trator de esteiras Caterpillar D6M XL, com valor inicial de R$ 75 mil / Foto: Superbid
Trator de esteiras Caterpillar D6M XL / Foto: Superbid

Ano de 2023

Para o próximo ano, o Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção estima um crescimento nas vendas da ordem de 4% tanto para o segmento de máquinas da linha amarela como todo o setor de equipamentos para construção.

Editado desde 2007, o Estudo retrata a importância econômica do setor, auxilia na formulação das políticas que facilitam a aquisição de equipamentos modernos e eficientes, e é também um instrumento de planejamento muito útil para as empresas do setor. A compilação e análise dos dados conta com a consultoria de Mario Miranda.

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM