Etapa de confinamento do ‘Zebu: Carne de Qualidade’

PARTILHAR
ACNB-Animais-em-Curral-Circuito-Nelore-de-Qualidade-2021-vai-comecar-e-ja-tem-36-etapas-confirmadas-em-11-estados-foto-divulgacao
Foto: Divulgação

Após esta fase do programa, será realizado abate técnico com avaliação da qualidade da carcaça e a divulgação dos resultados na Expogenética 2021, em agosto.

Concluídos os 84 dias de avaliação, os mais de 100 exemplares da raça Nelore que participam da primeira edição do programa “Zebu: Carne de Qualidade”, mais uma vez surpreendem nos resultados da etapa de confinamento que busca proporcionar as condições de abate (peso e acabamento de carcaça).

Os animais foram submetidos a avaliação do consumo alimentar residual (CAR) em currais providos de cochos eletrônicos para avaliação de consumo e bebedouro eletrônico com balança de pesagem e desempenho em confinamento.

Nesta etapa, os garrotes apresentaram ganho de peso de 1,940 kg/dia enfatizando o potencial da raça Nelore para a produção intensiva de carne.

“Neste período os bovinos apresentaram consumo de matéria seca de 2,36% do peso corporal ou 12,74 kg de matéria seca por bovino/dia, conversão alimentar de 6,57 kg de matéria seca/kg de ganho de peso e eficiência alimentar bruta de 0,15 kg de ganho de peso/kg de matéria seca ingerida. Nesta avaliação 56 bovinos apresentaram CAR, ou seja, são mais eficientes na utilização de alimentos, o que representa 55,4% em relação ao grupo de animais. Isto demonstra o potencial da raça Nelore quanto a eficiência alimentar, permitindo que os programas de melhoramento utilizem esta característica dentro de suas avaliações, buscando o Nelore mais eficiente na utilização de recursos alimentares com impacto positivo na redução do custo de produção de carne”, destaca Leonardo Fernandes, pesquisador da Embrapa.

Foi realizada ainda avaliação de ultrassonografia da carcaça no final da prova e os animais apresentaram excelentes resultados.

Foi observado gordura intramuscular (IMF) de 2,44%, área de olho de lombo (AOL) de 104,42 cm2, espessura de gordura na costela (EGS) de 6,43mm e espessura de gordura na picanha (EGP) de 7,15mm. A AOL possui relação com o rendimento de carne e a composição da carcaça (relação músculo/osso). O IMF, EGS e EGP estão diretamente relacionados com a qualidade da carne.

Os resultados apresentados caracterizam carcaças de qualidade, principalmente por que ainda terão 30 dias de confinamento até o abate, melhorando estas características e ampliando a qualidade.

Para o presidente da ABCZ, Rivaldo Machado Borges Júnior, os resultados de desempenho em confinamento colocam o Zebu em lugar de destaque na pecuária intensiva brasileira.

“Com o alto ganho de peso e qualidade da carcaça verificados neste trabalho, fruto de trabalho de melhoramento genético de mais de 100 anos, ininterrupto e com foco em desempenho nas condições tropicais. Conjuntamente com as avaliações de desempenho está sendo realizado também trabalho de avaliação do custo de produção no sistema proposto, e os resultados parciais indicam também eficiência econômica do sistema de produção, garantindo a sustentabilidade do processo”, destaca.

Fonte: Asccom ABCZ

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com