Fazenda atinge 60 mil litros de leite com ajuda do Senar

Fazenda atinge 60 mil litros de leite com ajuda do Senar

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Uma propriedade rural de produção leiteira em Imperatriz, no Maranhão, conseguiu aumentar a produção de leite após assistência técnica do Senar.

A Fazenda Viva Deus III, localizada no povoado Petrolina, em Imperatriz (MA), tem obtido excelentes resultados das tecnologias aplicadas dentro do programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar Maranhão, pelos engenheiros agrônomos Felipe Fontes (técnico de campo) e Michael Douglas (supervisor), sob a coordenação regional de Egon Bastos, que tem conduzido o programa Retorno Certo em dezenas de propriedades rurais na região sul do Estado.

No local, o trabalho foi iniciado pela equipe técnica da instituição em 2019, com foco principalmente na recuperação de áreas degradadas, sistema de pastejo rotacionado e investimento em rotação de cultura com agricultura temporária (milho e feijão). A propriedade desenvolve atualmente as atividades: bovinocultura de corte e de leite.

Essa iniciativa levou a outras ações em favor da fazenda, como por exemplo,  investimento em forrageiras (BRS, capiaçu, capim pioneiro, BRS kurumim e capim napiê roxo) e a capacitação dos 17 funcionários  da Fazenda em diversos cursos do Senar ligados à cadeia produtiva da bovinocultura.

Os treinamentos foram levados pelos técnicos Michael Douglas (supervisor) e Felipe  (técnico de campo), após a  introdução das tecnologias no local, atendendo à solicitação de – Genialda da Silva e Edegilson  da Silva Castro, ambos administradores da propriedade, que tem tocado os trabalhos com muito comprometimento e visão estratégica de mercado.

Os trabalhadores foram capacitados em: Inseminação artificial, Manejo reprodutivo e sanitário e brevemente serão em Operação e Manutenção de Máquinas Agrícolas, previsto para os próximos meses. O empreendimento agropecuário é uma sucessão familiar, herdada pela produtora rural Genialda da Silva que recebeu como herança do seu pai, Antônio Batista do Nascimento (Tota), que chegou ao Maranhão (Imperatriz), em 1970.  .

Associação

Com a presença do Senar na propriedade, a família Silva aumentou significativamente a produção de leite, ultrapassando no período entre 2019 a dezembro de 2020, mais de 60 mil litros/ano.

Uma outra vantagem conseguida, segundo a equipe técnica do Senar, foi a participação de Edegilson na Associação dos Produtores de Leite da Estrada do Arroz (APLEA), fundada a dois anos, com o intuito de favorecer o grupo e criar dinâmica na venda do leite e compra de insumos para aumentar a produção.

“A chegada do Senar para a nossa propriedade, foi de fundamental importância. Nós, produtores rurais assistidos por uma instituição tão importante, nos sentimos valorizados e estimulados a produzir mais e melhor”, disse Edegilson, agradecido, ao tempo que destaca também o papel da APLEA, na região denominada ‘Estrada do Arroz’, em Imperatriz.

“A Associação dos Produtores de Leite da Estrada do Arroz tem nos ajudado ao longo dos anos, a comercializar o leite e  também a comprar os insumos necessários. Por meio dela, a gente consegue vender o nosso produto com um preço melhor. Conseguimos também comprar insumos para a propriedade com menor custo, tudo isso, melhorando a nossa lucratividade”, destacou ele.

Michael Douglas, supervisor da ATEG na Fazenda Viva Deus, destaca a boa vontade dos produtores em receber as orientações da equipe. Destacou também o gerenciamento da propriedade, como uma ação que tem feito a diferença, segundo ele, no trabalho de parceria entre os fazendeiros e o Senar.

“Na parte gerencial destacamos  números importantes na faixa de produção de mais de 60 mil litros/ano. Isso faz com que a atividade de leite sustente toda a economia da propriedade,  que tem dupla aptidão: corte e leite. A Dona Genialda está de parabéns, por receber a assistência técnica e gerencial do Senar,  por encarar o compromisso  e  por em prática as recomendações técnicas. Estamos satisfeitos com os resultados a curto prazo”.

Muito feliz pelo resultado do seu trabalho, Felipe Fontes, agradecemos em nome do Senar, pela boa aceitação dos proprietários assistidos. “Agradeço a Dona Genialda que abriu as portas da Fazenda  para receber a assessoria do Senar. E digo mais, se a instituição conseguiu fazer alguma mudança  na Fazenda, foi porque ela nos recebeu e implementou tudo aquilo  que a gente trouxe como ideia”, ressaltou.

Fonte: Senar MA

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com