Fazenda ganha Prefeito e se torna Cidade do Boi, vídeo!

PARTILHAR

Grande conhecida nas redes sociais, as Fazendas Bergamini, com MEGACONFINAMENTO, ganhou um Prefeito e se tornou a Cidade do Boi!

Um grande destaque no mundo pecuário, as Fazendas Bergamini, pertencentes a uma das famílias mais conhecidas de São Paulo, criou um dos mais rentáveis negócios pecuários e, suas propriedades, contam com uma megaconfinamento. Conheça agora a história e fatos sobre a “Cidade do Boi“!

As Fazendas Bergamini possuem dois sistemas de produção de gado de corte para o abastecimento com carne de origem segura e padrão de qualidade constante, tanto para as lojas próprias como para os parceiros exportadores. O confinamento ganhou destaque nas redes sociais quando um touro se tornou o “Prefeito do local”, se tornando então o comandante da Cidade do Boi.

A família Bergamini, com um olhar refinado para os negócios já no ramo empresarial de sucesso, comprava diariamente cargas de feijão na bolsinha para revendê-las em seu empreendimento comercial.

Somente em 1.980, através dos senhores Isaías Ferreira e Edílson Gordo, então corretores da bolsinha em São Paulo, a família Bergamini veio a conhecer a região de Riversul, onde por intermédio dos mesmos, se encantou com a denominada Fazenda Madrugada no mesmo município, fazenda dotada de terras férteis, propícia à agricultura e pecuária.

O negócio foi fechado, sendo a Fazenda Madrugada a primeira propriedade a ostentar o nome do Grupo; Atualmente conseguiu chegar ao expressivo número de 11(onze) propriedades abrangendo os municípios de Barão de Antonina, Itaporanga, Riversul e Itararé.

Sistema de criação das Fazendas Bergamini

O sistema “boi verde” é caracterizado pela produção de animais totalmente a pasto, do nascimento ao abate. Nesse modelo de produção, os animais são manejados em sistema de rotação de pastagens assegurando assim a conservação do solo, a boa produtividade das forragens e consequentemente o bom desempenho dos animais, para que estes atinjam o peso de abate mais cedo, ainda jovens, produzindo então uma carne mais macia.

Prefeito da Cidade do Boi

O processo produtivo inicia-se com a chegada dos bezerros ou garrotes após a desmama quando então, é iniciada a fase de recria e preparo para a terminação dos mesmos.

No momento em que os animais (oriundos de outras propriedades) chegam às fazendas Bergamini, eles passam por um tratamento sanitário profilático para garantir a devida imunização contra algumas enfermidades e parasitas que possam acometer sua saúde. Feito isso, os animais são divididos em lotes de idade, tamanho e peso padrão para que posteriormente sejam conduzidos ao pasto, onde recebem a suplementação diária com sal mineral e/ou proteinados que foram balanceados especificamente para estas categorias, com intuito de promover o bom desenvolvimento e ganho de peso dos mesmos.

Nas fazendas Bergamini, uma rede de encanamento distribui água para todo o pasto, com abundância em locais próximos, o gado não precisa andar tanto para beber. São mais de 1000 Km de tubulação interligando minas e caixas em todas as fazendas. Resultado, animais menos musculosos que produzem uma carne muito mais macia.

O segundo sistema de produção é caracterizado pela terminação em confinamento que conta com uma infraestrutura de ponta, toda automatizada e uma equipe em tempo integral para realizar os manejos necessários e garantir a engorda dos animais conforme planejado.

A programação da dieta feita pelo nutricionista do confinamento é inserida no computador de comando da fábrica de ração que por sua vez, envia uma ordem de carregamento para todos os ingredientes, por meio de roscas transportadoras em sistema automático, assim, não há contato manual do colaborador com a dieta que os animais receberão.

O abastecimento dos cochos é feito por caminhões específicos para esta finalidade que são equipados com balança eletrônica de modo a permitir o controle diário da quantidade de comida que deverá ser fornecida para cada lote dentro do confinamento.

Um software de gestão controla todos os dados e em tempo real produz relatórios do consumo de alimentos, desempenho dos animais, controle de estoque e todos os demais dados zootécnicos que precisam ser observados, para garantir o bom funcionamento do sistema.

O confinamento é utilizado apenas para fazer a terminação dos animais que ocorre nos 90 a 120 dias anteriores ao abate, assim, o mesmo é abastecido pela recria que é realizada também no sistema a pasto, descrito anteriormente.

Atualmente, com capacidade estática de 5.000 animais , já com a ampliação em andamento, sendo alcançado cerca de 7.000 animais estáticos.

Em todos os seguimentos de produção as fazendas Bergamini possuem um técnico responsável e no caso do gado de corte, um zootecnista cuida de toda a nutrição dos animais, tanto na suplementação a pasto quanto no confinamento, garantindo assim que os mesmos sejam produzidos com saúde, respeitando as normas de bem estar animal e livre de hormônios ou estimulantes de crescimento que são proibidos atualmente no Brasil, entregando até o consumidor uma carne de origem segura, confiável, com padrão de qualidade constante que leva a marca dos produtos Bergamini

O gado pronto para o abate é retirado das fazendas através de nossa frota de carretas 2 vezes por semana e descarregados no frigorífico onde antes de serem abatidos ficam 15 horas de observação. Sendo essa a primeira exigência do sistema de inspeção federal (SIF) para controle de doenças.

Em seguida os animais são inspecionados, limpos e seguem para o abate.

Depois de cortada a carne, passa ainda por mais 7 testes que vão avaliar a sua qualidade e aguarda mais 15 horas em câmara frigorífica antes de ser liberada assim, finalizando o processo de acompanhamento do órgão federal SIF.

Os animais abatidos levam aproximadamente 48 horas para chegar ao consumidor final, garantindo assim uma carne fresquissíma semanalmente nas prateleiras das nossas duas lojas Bergamini na capital paulista.

Ao comprar a carne o consumidor sabe que está levando para casa um produto superior de qualidade indiscutível, resultado de um processo de recria, abate e transporte.

Atuação das Fazendas Bergamini

NOSSOS GRÃOS

Nossos grãos são colhidos e separados cuidadosamente por nossos especialistas.

GADO DE CORTE

Desde 1978, produzindo gados com qualidade! As fazendas Bergamini.

EQUINOS

Os Cavalos mais belos das nossas fazendas! As fazendas Bergamini tem grande criação da raça Quarto de Milha.

FLORESTAL

Nossas árvores cuidadas com o carinho que só o Bergamini tem! O carvão Bergamini.

PISCULTURA

A piscicultura trata da criação racional de peixes, através da utilização de insumos, mão-de-obra e energia, objetivando aumentar a produção do pescado.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com