Fazendeiro oferece R$ 15.000,00 por informação de gado roubado

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Bandidos furtaram 27 cabeças de gado de propriedade em Dois Irmãos do Buriti.

Um fazendeiro, de 54 anos, está oferecendo uma recompensa de R$ 15 mil para quem der informações assertivas sobre o paradeiro de 27 cabeças de gado furtadas da sua propriedade no último sábado (25), em fazenda na região de Dois Irmãos do Buriti, a 103 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o boletim de ocorrência, o proprietário chegou à fazenda por volta das 8h e se deparou com a falta de algumas novilhas. Após verificar, viu que o cadeado da porteira estava quebrado e, das 99 cabeças, 27 haviam sumido.

Ele disse à polícia que não tem funcionário na fazenda e comparece na propriedade até três vezes na semana para cuidar da propriedade. Além do cadeado danificado, ele notou marcas de caminhão no solo e um cocho improvisado, cheio de sal, para atrair os animais.

Com informações do Jornal Midiamax, a família divulgou a marca que distingue os animais. Quem tiver informações que levem ao paradeiro do rebanho pode entrar em contato no (67) 99222-1941 e falar com Antônio Ramos. O crime foi registrado como abigeato

Pecuarista de Mato Grosso do Sul, pode pegar até um ano de prisão após deixar as vacas sem alimento, das quais oito foram encontradas mortas!

Um produtor de Figueirão (MS), na região sul-mato-grossense de Costa Rica, deve cumprir pena de cinco meses a um ano por crime ambiental e maus tratos aos animais. No dia 20, após uma denúncia anônima, a Polícia Militar Ambiental (PMA-MS) encontrou o gado do pecuarista. Produtor deixa 345 vacas morrendo de fome, vídeo!

Os animais foram deixados em uma propriedade com uma área de quase 580 hectares, em condições de fome e desnutrição. Dos 345 animais, oito estavam mortos, de acordo com as autoridades. PMA de Costa Rica autua paulista em R$ 12 mil por maus tratos, alguns que não mais se levantavam em sua fazenda em Figueirão.

Leia mais

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com