Fêmea Senepol bate recorde mundial de produção

Fêmea Senepol bate recorde mundial de produção

PARTILHAR
Foto: ABS Pecplan

Com apoio técnico da central ABS Pecplan, a Senepol 3G obteve recorde mundial de produção de oócitos com fêmea da raça Senepol.

Maressa da 3G 1854, filha de Diretor da 3G, na grandiosa SCR 1241, bateu recorde mundial de produção de oócitos. Foram obtidos 485 em uma única aspiração. O animal é uma novilha da raça Senepol, da Fazenda Senepol 3G, localizada em Barretos, no interior de São Paulo (SP). Equipe da ABS teve papel importante na quebra do recorde. A aspiração foi realizada pelo veterinário Alysson Resende. Já o selecionador de oócitos foi Marcus Vinicius. A ABS é responsável pelo trabalho de fertilização in vitro e transferência de embriões na Fazenda Senepol 3G.

Oócitos da doadora / Foto: Divulgação

Outras duas filhas da SCR 1241 também tiveram destaque, com produção de 168 e 180 oócitos cada.

Em vacas cíclicas sadias, aproximadamente 85% dos oócitos ovulados se desenvolvem até embrião, enquanto que pela recuperação de oócitos com auxílio de ultra-sonografia seguida da produção in vitro em torno de 20% tornam-se embriões transferíveis. Um dos motivos desta baixa produção de embriões é a grande variação nas características dos oócitos recuperados, já que os folículos puncionados, estão em diferentes estágios de desenvolvimento.

A raça Senepol tem origem do cruzamento entre bovinos N’Dama e Red Poll. Em 1918, Bromley Nelthroop, realizou o cruzamento entre as duas raças, visando o melhoramento de seu rebanho. Na década de 40, a raça já estava estabelecida e o Senepol passou a ser criado como sangue puro. Em 1995, foram importadas as primeiras doses de sêmen de líderes genéticos da raça para o Brasil e no ano 2000, foram trazidos os primeiros animais, diretamente de rebanhos dos Estados Unidos e Ilhas Virgens.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com