Gado morre de fome e pecuarista leva multa milionária

Gado morre de fome e pecuarista leva multa milionária

PARTILHAR
gado morrendo de fome
Foto: Divulgação/PMA

Pecuarista é multado em R$ 118 mil após deixar 236 bois sem alimento; no local, havia carcaças de 25 animais, que acabaram morrendo

Um pecuarista de 64 anos foi multado em R$ 118 mil após abandonar 236 bois sem alimento em uma fazenda a 90 km de Coxim, município de 30 mil habitantes situado ao norte do estado de Mato Grosso do Sul. Os animais estavam agonizando sem pastagem ou qualquer fonte de alimento, havia 25 carcaças de animais no local.

Policiais foram ao local após denúncias de abandono de gado sem pastagem. A equipe verificou que a pastagem estava totalmente degradada, em quase sua totalidade apresentando somente a terra nua sem gramínea e o gado não conseguia mais retirar alimento.

O proprietário não estava tomando as medidas para minimizar a fome dos animais, que estavam todos extremamente debilitados, alguns não conseguiam mais se levantar e outros mortos. Os Policiais conseguiram contar 25 carcaças de reses mortas. A Polícia Militar Ambiental apreendeu o gado e acionou a Agência Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO) para as providências relativas aos animais.

gado morrendo de fome 2
Foto: Divulgação/PMA

O infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 118 mil por maus tratos aos animais. O autuado também responderá por crime ambiental de maus-tratos, com pena de três meses a um ano de detenção.

Com informações da PMA e O Pantaneiro

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com