Gigante: Google homenageia produtores rurais

Gigante: Google homenageia produtores rurais

PARTILHAR

Google homenageia produtores rurais por trabalho durante crise do coronavírus; “A todos os produtores rurais, obrigado”, diz o site de buscas a todos os seus internautas nesta sexta-feira.

O Doodle do Google desta sexta-feira, 10, fez uma homenagem a todos os produtores rurais que continuam trabalhando durante a pandemia do novo coronavírus para levar alimentos à mesa da população. O Doodle é uma iniciativa do site de pesquisa que homenageia, em sua página inicial, profissionais, datas comemorativa, personalidades da história e da atualidade.

“A todos os produtores rurais, obrigado”, diz o Google a todos os seus internautas nesta sexta-feira.

Durante a crise atual, o site de busca tem homenageado profissões consideradas essenciais para enfrentar a pandemia. Já foram homenageados os profissionais da limpeza, da saúde, serviços e emergência, pesquisadores e cientistas. Dessa vez o Google homenageia produtores rurais.

Brasil atinge 1.056 mortes registradas por coronavírus

O Ministério da Saúde anunciou hoje que subiu para 1.056 o número de mortes registradas pelo novo coronavírus no Brasil — 115 óbitos confirmados nas últimas 24 horas. Até ontem, eram 941 mortes.

No total, são 19.638 casos oficiais no país até agora — aumento de 1.781 diagnósticos em um único dia —, segundo o Ministério.

O número real de casos, no entanto, tende a ser maior. Isso porque os testes são realizados prioritariamente nos pacientes internados em hospitais, e pesquisas indicam que 86% das pessoas infectadas não apresentam sintomas ou têm apenas sintomas leves que podem ser confundidos com uma gripe comum.

A taxa de letalidade — que compara os casos já confirmados no Brasil com a incidência de mortes — é de 5,4%. O Ministério da Saúde ainda não divulga dados oficiais sobre o número de pessoas que se curaram da covid-19.

A taxa real de letalidade deve ser menor porque o país faz poucos testes. Quando há poucos casos confirmados, a taxa fica artificialmente maior. Por exemplo, se há 20 mil casos e 1.000 mortes, a letalidade é de 5%. Se são 40 mil casos com as mesmas 1.000 mortes, a letalidade cai para 2,5%.

O Brasil ultrapassa a marca de mil mortes por coronavírus cerca de um mês e meio após ser registrado o primeiro caso confirmado no país.

O primeiro caso foi notificado no dia 26 de fevereiro, um paciente de São Paulo que esteve na Itália, um dos países europeus mais afetados pelo surto da doença.

Apenas em 17 de março o Brasil registraria a primeira morte provocada pela covid-19, doença causada pelo vírus. Era um homem de 62 anos, que morreu em São Paulo.

No total, as mortes relacionadas ao vírus em cada estado são: Acre (2); Alagoas (3), Amapá (2); Amazonas (50); Bahia (19); Ceará (58); Distrito Federal (14); Espírito Santo (7); Goiás (8); Maranhão (16); Mato Grosso (2); Mato Grosso do Sul (2); Minas Gerais (17); Pará (9); Paraná (25); Paraíba (11); Pernambuco (65); Piauí (7); Rio Grande do Norte (11); Rio Grande do Sul (14); Rio de Janeiro (147); Rondônia (2); Roraima (3); Santa Catarina (18); São Paulo (540); Sergipe (4).

Compre Rural com informações da UOL, Google e Canal Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com