Imagem com áudio alertam sobre coronavírus

Imagem com áudio alertam sobre coronavírus

PARTILHAR
Imagem: Kai Pfaffenbach/Reuters

Imagem com áudio, compartilhados através do WhatsApp, faz comentários sobre a suposta verdade do coronavírus na China; nós checamos.

O combate ao fake news é diário, muitas pessoas por falta de informações, ou até mesmo maldade, compartilham notícias, fotos e áudios com conteúdos que em sua maioria são mentiras. Não é atoa que o governo recentemente instaurou uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito das Fake News (CPMI) para apurar notícias veiculadas nas redes sociais, tome cuidado internauta, compartilhar fake news é crime.

Confira o áudio abaixo compartilhado através do WhatsApp. Nela um homem diz que recebeu um “vídeo de um jornalista alemão que estava na China e viu a realidade do que está acontecendo“. Na transcrição, o interlocutor diz que o jornalista fez uma filmagem clandestina e que a “situação verdadeira está totalmente escondida“.

Imagem: Kai Pfaffenbach/Reuters

A verdade sobre a imagem compartilhada

Essa imagem não tem nenhuma relação com o coronavírus, ela foi tirada no dia 24 de março de 2014. Pessoas se deitaram em uma área de pedestre em um projeto artístico para lembrar as 528 vítimas do campo de concentração nazista “Katzbach”, em Frankfurt, na Alemanha. Os presos do campo de concentração, parte da antiga fábrica Adler, foram forçados a uma marcha em direção à morte para os campos de concentração de Buchenwald e Dachau, em 24 de março de 1945. Um total de 528 pessoas foram enterradas no cemitério central de Frankfurt.

A verdade sobre o coronavírus

O Ministério da Saúde brasileiro informou que investiga 9 casos suspeitos de infecção pelo coronavírus, apesar da investigação, nenhum caso ainda foi confirmado. O Ministério da Agricultura emitiu um comunicado deixando os médicos veterinários alertados sobre o novo vírus que tem causado doença respiratória pelo agente coronavírus, com casos recentemente registrados na China.

O número de mortos pelo novo coronavírus aumenta na China à medida que a doença avança por todas as regiões do país. Nesta quinta-feira (30), foi confirmado o primeiro caso no Tibete, até então a única região livre da doença na China. Até o momento, 170 já morreram no país pelo coronavírus, que já infectou 7.736 pessoas em todo o mundo, em 19 países. Não há registro de mortes fora da China.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) vai realizar uma nova reunião do seu comitê nesta quinta para analisar se será declarada situação de emergência global para o novo coronavírus, segundo o diretor-executivo do programa de emergências, Michael Ryan.

O diretor elogiou os esforços da China para conter o surto e disse que ainda há oportunidade de parar o vírus. “Temos que basear nossas ações em evidências imperfeitas para criar uma estratégia de bloqueio da doença com um impacto mínimo na sociedade e economia”, disse o diretor.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Fundador e editor do Compre Rural, pós graduado em Consultoria Web, especialista SEO e aspirante a produtor rural.