Imea aumenta em 10% previsão de confinamento em MT

Imea aumenta em 10% previsão de confinamento em MT

PARTILHAR

Mesmo com o ajuste na perspectiva, a intenção de confinamento segue cerca de 14% menor do que no mesmo período do ano passado. Confira!

Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) aumentou em 10% a previsão para confinamento de gado no estado em relação ao levantamento anterior. Com isso, o órgão projeta 709 mil animais confinados neste ano. Mas, apesar disso, as intenções continuam quase 14% abaixo do número observado no mesmo período de 2019.

A baixa no confinamento é motivada principalmente pelo aumento dos preços dos insumos e pela valorização dos animais de reposição. “Somam-se a esses dois fatores a menor disponibilidade de animais (preocupação relatada por 11% dos produtores entrevistados); baixa lucratividade e arroba do boi gordo, além de outros fatores, como a instabilidade acerca do coronavírus”, diz.

O custo médio diário por cabeça saiu de R$ 6,35 em 2019 para R$ 9,27 neste ano, alta de 45,98%. Além disso, o preço dos animais para engorda cresceu mais de 60%.

Capacidade estática

No último levantamento do ano, a capacidade estática ficou em 820,99 mil cabeças, o que representa uma queda de 11,79% em relação ao que foi registrado em 2019.

O instituto registra ainda que o aumento da quantidade de animais em relação à segunda intenção de confinamento pode ser atrelado ao “fôlego” que a valorização da arroba deu para alguns confinadores.

“Outubro registrou um dos maiores giros do ano, com destaque para a entrega de animais. O mercado futuro, por sua vez, ainda traz otimismo, tanto que a alta ainda permanece para os contratos de novembro e dezembro, contudo com menor quantidade de entregas de bovinos”, aponta o Imea.

Com informações do Imea e Canal Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.