Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Incêndios mortais assolam o Chile, e Brasil tem altas temperaturas; veja onde

No Brasil, a onda de calor se intensifica, com temperaturas atingindo níveis extremos em algumas regiões; veja onde

Uma série de incêndios florestais devastadores no Chile já resultou na perda trágica de 112 vidas nos últimos dias. As chamas, alimentadas por uma massa de ar quente e seco que domina a faixa oeste da América do Sul, deixaram comunidades inteiras em estado de alerta e desespero. As pitorescas cidades turísticas de Viña del Mar e Valparaíso estão entre as áreas mais afetadas, com mais de 14 mil casas danificadas até o momento. O presidente chileno, Gabriel Boric, tomou a decisão de declarar estado de emergência diante da magnitude da crise, enquanto a nação se une na busca por mais de 370 pessoas desaparecidas.

Enquanto isso, na Argentina, uma onda de calor sem precedentes assola o país há 13 dias. No sábado, em Santiago del Estero, os termômetros atingiram uma temperatura máxima recorde de 45,7 °C, a mais alta já registrada no mês de fevereiro desde que as medições começaram em 1931.

Especialistas apontam que o fenômeno El Niño pode estar contribuindo para a onda de calor e a falta de chuvas, impedindo o avanço dos sistemas meteorológicos. O meteorologista Arthur Müller, do Canal Rural, destacou ainda que a geografia do Chile, com a Cordilheira dos Andes dificultando a passagem dos sistemas meteorológicos, agrava a situação. Embora haja previsão de chuva para o fim de semana, os volumes não serão suficientes para conter completamente os incêndios.

No Brasil, a onda de calor também se intensifica, com temperaturas atingindo níveis extremos no Centro-Sul do país. Em Uruguaiana, no extremo oeste do Rio Grande do Sul, os termômetros já marcaram 39,4 °C neste domingo. Segundo Müller, as temperaturas podem ultrapassar facilmente os 40 °C em algumas regiões do Sul, com um alívio previsto apenas para o fim de semana, com a chegada de uma frente fria. No Sudeste, o interior de São Paulo e o Triângulo Mineiro enfrentarão as temperaturas mais altas, enquanto o Brasil central se prepara para lidar com o calor intenso, podendo enfrentar problemas semelhantes aos registrados na semana passada com as queimadas no Pantanal.

Escrito por Compre Rural.

VEJA TAMBÉM:

ℹ️ Conteúdo publicado pela estagiária Juliana Freire sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM