Jovem pode financiar até R$ 16,5 mil pelo PRONAF, veja!

Jovem pode financiar até R$ 16,5 mil pelo PRONAF, veja!

PARTILHAR
Foto Divulgação

Pouco conhecido, o Pronaf Jovem é destinado a produtores jovens que desejam obter crédito para iniciar ou aprimorar a sua produção agropecuária!

O Pronaf – Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, é o financiamento à implantação, ampliação ou modernização da estrutura de produção, beneficiamento, industrialização e de serviços no estabelecimento rural ou em áreas comunitárias rurais próximas, visando à geração de renda e à melhora do uso da mão de obra familiar.

Como não poderia ficar de fora, o Pronaf Jovem, é uma das linhas do crédito rural que é destinada a jovens produtores que desejam começar o seu próprio negócio ou investir em melhorias na sua produção. Ainda com um valor baixo, o programa já começa a atender algumas demandas de pequenos produtores que estão contribuindo para o agronegócio brasileiro.

Com a linha de crédito rural Pronaf Jovem é possível financiar investimentos destinados à construção, reformas ou ampliações de benfeitorias e instalações na propriedade rural, aquisição de máquinas, equipamentos e implementos, aquisição de matrizes, formação e recuperação de pastagens, proteção e correção do solo, aquisição de bens como tratores e embarcações, entre outras iniciativas.

O Pronaf Jovem é uma excelente opção para quem precisa de crédito para iniciar ou investir na produção!

Quem pode aderir a esta linha de crédito?

Jovens agricultores, maiores de 16 anos e com até 29 anos, pertencentes às famílias que apresentem a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP). Ele ainda pode ser feito de duas maneiras:

  • Individual: formalizado com um produtor, para finalidade individual;
  • Coletivo: formalizado com grupo de produtores, para finalidades coletivas.

Quanto posso financiar?

R$ 16,5 mil, observado que só podem ser concedidos três financiamentos para cada cliente, ficando condicionada a nova contratação à previa liquidação do crédito anterior.

O financiamento para mais de um jovem produtor rural pode ser formalizado no mesmo instrumento de crédito, respeitado o limite de financiamento por cliente.

A garantia é de livre negociação entre a instituição financeira credenciada e a beneficiária do financiamento, observadas as normas pertinentes do Conselho Monetário Nacional.

Taxa de juros

2,5% a.a.

A taxa de juros do PRONAF é baixíssima, se formos levar em consideração os juros praticados no Brasil. Um exemplo simples é o programa de casa própria do governo, Minha Casa Minha Vida, que pratica juros de até 10,5% a.a. E fica pior se você for financiar um veículo, a taxa para comprar um carro novo ou usado do Banco do Brasil está em torno de 20,69% a.a. Se fizermos uma simulação de quanto irá pagar ao final dos 10 anos do financiamento do PRONAF chagaremos ao valor total de R$ 18.683,45, você terá pago somente R$ 2.183,45 de juros e os valores das parcelas ficarão na casa dos R$ 155,70/mensais.

Prazo

Até 10 anos, incluídos até 3 anos de carência, que poderá ser ampliada para até 5 anos quando a atividade assistida exigir esse prazo e o projeto técnico comprovar a sua necessidade. 

Confira no PDF abaixo todas as informações sobre o financiamento:

BNDES_FOLHETOAGRO_spreads_210819

E o Pequeno e Médio Produtor?

O Plano Safra prevê mais recursos e oportunidades para os pequenos produtores. Os beneficiários do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) têm R$ 31,22 bilhões à disposição para custeio, comercialização e investimento.

Houve aumento de 21% nas verbas de custeio do Pronaf. Pela primeira vez, o Tesouro Nacional alocou mais recursos para subvenção do programa em relação aos demais, somando R$ 4,975 bilhões.

Estão garantidos recursos de custeio para produção de alimentos básicos: arroz, feijão, mandioca, trigo, leite, frutas e hortaliças e para investimento na recuperação de áreas degradadas, cultivo protegido, armazenagem, tanques de resfriamento de leite e energia renovável. Para o custeio e investimento nessas áreas, a taxa de juros é de 3% ao ano.

Foram restabelecidas as condições de financiamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) ao agricultor familiar.

Novidade

Pela primeira vez, o Plano tem verbas para construção de casas rurais. Serão destinados R$ 500 milhões para financiar a construção ou reformas de moradias dos pequenos agricultores brasileiros, pleito antigo do setor rural. Com estes recursos, será possível construir até 10 mil casas para os agricultores familiares

Outra novidade é que há recursos para custeio ou investimento, com juros de 3% ao ano, para apoiar as  seguintes atividades: exploração extrativista sustentável e produção de ervas medicinais, aromáticas e condimentares.

Médio produtor

O médio produtor terá sua atividade fortalecidaOs recursos para o Pronamp (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural)  passaram para R$ 26,49 bilhões, R$ 6,46 bilhões a mais que o programado na safra 2018/2019, o que representa aumento de 32% nas verbas do programa.

As verbas para investimento cresceram 77% e 28,5% para custeio.

Esses recursos poderão ser destinados ao financiamento de custeio (6% ao ano) e investimento (7% ao ano).

Os produtores que não se enquadram no Pronaf podem ser beneficiados pelo Pronamp.  

Haverá ainda a possibilidade de financiamento de assistência técnica ao médio produtor, inclusive aos pecuaristas, nas operações de crédito.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com