Justiça procura dono para 434 cabeças de gado, confira!

Justiça procura dono para 434 cabeças de gado, confira!

PARTILHAR
Foto: Henrique Bighetti/Canal Rural

Uma grande oportunidade foi anunciada pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça e Segurança Pública; Serão leiloadas 434 cabeças de gado oriundas da lavagem de dinheiro.

A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) leiloa hoje (24) 434 cabeças de gado que foram apreendidas com um grupo que praticava crimes de lavagem de dinheiro.

A expectativa do governo do estado é a de arrecadar cerca de R$ 1 milhão com a venda de lotes de gados que têm preços a partir de R$ 41 mil. Os lances para o leilão (de 384 bois e vacas e 50 bezerros), que ocorre em Mato Grosso, mas será exclusivamente via online devido à pandemia, poderiam ser feitos até as 15h desta terça-feira (24), por meio do site Canal Judicial.

Expectativa é arrecadar cerca de R$ 1 milhão com a venda dos animais no leilão!

Os lotes de animais estão disponíveis para exame e visitação, mediante agendamento prévio que pode ser feito pelo e-mail cuiaba.nucleo@sbjud.com.br. Eles estão estão na Fazenda Colibri, situada a cerca de 150 quilômetros (km) de Cuiabá, no município de Santo Antônio do Leverger.

Segundo o ministério, o leilão é resultado da alienação antecipada decretada pela 7ª Vara Federal da Seção Judiciária de Mato Grosso. Por se tratar de patrimônio apreendido de crime envolvendo lavagem de dinheiro, os valores arrecadados terão como destino o Fundo Penitenciário Nacional.

Inúmeros produtores e empresários do setor buscaram a plataforma para poder realizar os lances e tentar adquirir os animais, uma grande oportunidade colocada para o setor em um momento de menor oferta de animais.

Confira alguns dos valores ofertados

Arroba do boi gordo

A boa notícia é que os preços do boi gordo devem continuar firmes, apoiados principalmente pelas exportações aquecidas. A Scot Consultoria acredita que a China vai continuar demandando bastante em 2021, mas talvez não tanto quanto o visto neste ano e no ano passado.

A maior preocupação é uma recessão econômica em meio à pandemia da Covid-19, que afetaria o poder de compra do consumidor brasileiro. O mercado interno representa cerca de 75% da demanda por carne bovina.

Compre Rural com informações do MJSP

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com