Ladrão de milho é capturado e quase morre, veja o vídeo!

PARTILHAR

Não está fácil para ninguém, o preço do milho subindo, safrinha sendo prejudicada pelo clima e ainda existe o ladrão de milho para “pamonha”, veja!

A estimativa atual para a produção brasileira é 22% inferior à projetada em janeiro. Uma das particularidades desta segunda safra foi o plantio mais tardio da história, expondo grande parte da área a um risco climático elevado. A falta de chuva de março em diante cobrou um preço alto em algumas regiões. Como se não bastasse tudo isso, ainda tem os ladrões de milho para prejudicar ainda mais o agricultor!

Conforme mostrado no vídeo, uma grande tristeza, o agricultor conta da dificuldade de se conseguir sobreviver no campo. O suor diário, a luta para conseguir plantar, cuidar da lavoura e, quando menos se espera, surgem os ladrões de milho, roubando as melhores espigas e levando sacos e mais sacos cheios de milho!

No vídeo abaixo, o agricultor conseguiu pegar em flagrante o ladrão de milho, um senhor com idade já avançada, que estava enchendo a caminhonete com as espigas roubadas. Ele ainda cantava enquanto cometia o crime, se mostrando “animado” com atitude!

Ao ser surpreendido pelo agricultor, dono da lavoura, ele tenta se explicar e arruma a desculpa que era apenas para fazer um “bolinho” para os seus cinco filhos que estavam em casa. Uma verdadeira mentira e de forma descarada, ele ainda tenta se fazer de honesto!

A melhor parte, se assim podemos dizer, vem do momento em que o agricultor diz que vai pegar “um brinquedo”, se referindo a uma arma, o ladrão então quase morre durante um ataque de pânico e pressão alta.

A verdade por trás disso tudo é que, infelizmente, o campo está cercado de aproveitadores, ladrões e pilantras que tentam se aproveitar do suor e esforço daqueles que trabalham diariamente para poder plantar, cuidar do gado e etc. Em um outro vídeo, o descaramento é tanto que, um outro ladrão chega a reclamar da qualidade das espigas roubadas e cobra “um melhor serviço” dos agricultores!

Nossa análise aqui traz alguns assuntos como um vídeo que surgiu nas redes socais e nos causa grande revolta. Nele é possível ver um ladrão de milho indignado quanto ao desenvolvimento das espigas que foram roubadas de uma lavoura a beira da estrada. Confira abaixo!

Com perdas safrinha vai a 65,3 milhões de toneladas

A etapa milho do Rally da Safra 2021 chega ao fim com uma estimativa de produção de 65,3 milhões de toneladas. Trata-se de uma queda de 900 mil toneladas desde que as equipes técnicas começaram a avaliar as lavouras de segunda safra, em 23 de maio.

Na época, o Rally foi para a estrada esperando encontrar áreas bastante prejudicadas pela estiagem que variava de 40 a 70 dias em algumas regiões. Os dados coletados em campo confirmaram essa expectativa e, também, trouxeram algum alívio.

“Não parece haver muito espaço para quedas mais acentuadas”, diz André Debastiani, coordenador da expedição. “Não se descarta que, em algumas regiões, possam ocorrer até alguns ajustes positivos.”

As produtividades médias são projetadas em 58,0 sacas por hectare no Paraná e em 54,5 sacas por hectare no Mato Grosso do Sul, as mais baixas desde 2008/09.

Em relação à safra passada, as quebras também são expressivas em Minas Gerais (56,6 sacas por hectare, 41% abaixo da safra anterior), Goiás (67,8 sacas por hectare, queda de 35%) e São Paulo (60 sacas por hectare, redução de 18%).

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com