Fazendeiro e ex-BBB come picanha de R$ 660 em churrasco

PARTILHAR

Caio Afiune, o ex-BBB e fazendeiro, chamou a atenção nas redes sociais ao fazer um churrasco com uma peça de picanha que custou R$ 662,40, veja!

Caio Afiune, fazendeiro e ex-participante do Big Brother Brasil (BBB) ​​21, chamou a atenção nas redes sociais ao fazer um churrasco com uma peça de picanha que custou R $ 662,40. O preço da carne apareceu em um vídeo feito pela esposa dele, Waléria, no domingo (27/6), no qual o goiano aparecia na cozinha durante os preparativos para o almoço com a família.

O agronegócio tem se tornado cada vez mais reconhecido no país, principalmente nos grandes centros urbanos, onde as pessoas ainda o criticam e desconhecem sua importância. Mas, a entrada de um agropecuarista no BBB 21, trouxe ainda mais “fama” para o setor. Conheça abaixo a fazenda do líder do reality show, Caio Afiune!

“O papai acordou inspirado hoje. Olha isso, gente. Panela no fogão”, afirmou Waléria. “Pia limpa e agora vamos fazer o quê? É fogo no carvão que hoje é domingo”, destacou Caio na sequência.

Muita gente, no entanto, se impressionou com o valor da carne. Fãs do BBB postaram nas redes sociais comentários a respeito do valor, comparando inclusive ao salário de um jovem aprendiz.

A carne comprada por Caio é de wagyu, raça de origem japonesa considerada a mais saborosa e cara do mundo. A nobreza e valorização desse produto não é chamado marmoreio, nome dado ao aspecto de carne bovina com gordura intramuscular.

Introduzida no Brasil há 25 anos pela empresa Yakult, a raça Wagyu é uma raça de gado japonesa que está conquistando o Brasil. Wagyu, que significa gado (gyu) do Japão (wa), é uma das carnes mais valorizadas no mercado gastronômico internacional. Com um aroma único, textura macia e suculenta, é considerada como a carne mais cara e saborosa do mundo.

Um dos grandes momentos de Caio no BBB21 foi durante sua festa do líder, inspirada no agro (Foto: TV Globo / Reprodução)
Picanha wagyu preparada pelo ex-BBB Caio Afiune (Foto: Reprodução / Instagram)

Essa não é a primeira vez que o preço de uma carne wagyu vira polêmica. O mais recente episódio foi em maio, quando o presidente Jair Bolsonaro apareceu nas redes sociais em um churrasco em que o quilo da picanha saiu R $ 1.799,90 .

De acordo com a reportagem, uma peça tem em média 350 gramas e custa cerca de R$ 600. O almoço de Bolsonaro teve pelo menos duas dessas peças, totalizando R$ 1.200 em 700 gramas de carne.

O churrasqueiro contratado, que aparece nas fotos com o presidente, veio de Belém do Pará para fazer o churrasco no Alvorada, segundo o colunista Marcos Nogueira. Ele atende pelo apelido Tchê – o “Churrasqueiro dos Artistas”.

Conheça a Fazenda de Caio Afiune

Em Anápolis, Caio está à frente de uma fazenda que produz soja e milho. Pai de duas filhas, ele já relatou mais de uma vez que, desde criança, acompanhou o trabalho do pai na lavoura e sabia que era esse o caminho que queria seguir.

Alguns registros compartilhados em seu Instagram pessoal mostram seu dia a dia no campo, como alguns cliques junto à colheita de milho da safra 2017/2018. “Vamo tira o mii verde e abastecer a mesa dos que nos chamam de caipira!”, Escreveu na legenda de uma foto no campo compartilhada em 2018 na rede.

Caio Afiune tem 32 anos e cuida da lavoura de soja e milho em Anápolis, no interior de Goiás. Em sua apresentação, ele conta que mora com a esposa e filhas e relembra os ensinamentos do pai, que acaba de se aposentar dos trabalhos no campo.

“Meu pai sempre trabalhou demais. Saía muito cedo, chegava muito tarde. Então, meu avô sempre me buscava lá em casa. Aprendi muita coisa de vida com ele, e minha família ainda diz que tenho muita mania do meu vô. Tenho manias, defeitos e a personalidade um pouco forte”, disse ao GShow.

Confira as imagens da propriedade

Foto Reprodução
Foto Reprodução
Foto Reprodução
Foto Reprodução
Foto Reprodução
Foto Reprodução
Foto Reprodução
Foto Reprodução
Foto Reprodução
Foto Reprodução

Campeões do agro

Ao longo das edições do Big Brother Brasil, alguns participantes ligados ao campo já chegaram a ganhar o programa e levar prêmios milionários para casa.

É o caso de Rodrigo Leonel, do BBB2, de Ribeirão Preto (SP). Apelidado de “Cowboy” durante sua participação no reality, ele afirmou ter comprado bezerros e pago dois anos de aluguel de uma fazenda com o prêmio. Atualmente, trabalha como consultor em fazendas e domador de cavalos, em que mostra seu cotidiano no campo nas redes sociais.

Outro ganhador do programa com ligação rural é Fael Cordeiro, do BBB12. Longe dos holofotes da mídia, ele investiu o dinheiro ganho em fazendas em Mato Grosso do Sul, assim como montou um centro de capacitação para veterinários e agrônomos.

Campeão do BBB15, o Cézar paranaense Lima, de Guarapuava, ficou conhecido como o “homem do campo” edição edição devido ao seu sotaque carregado. Em suas redes sociais, compartilha cliques na plantação de soja, assim como os trabalhos ao lado de tratores e colheitadeiras.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com