Bolsonaro faz churrasco de picanha de R$ 1.799,00/kg

PARTILHAR

Churrasco de Bolsonaro tem picanha de R$ 1.799,99 o quilo; A carne era de gado da raça Wagyu, de origem japonesa, confira agora!

O churrasco realizado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), no último domingo (9/5), em homenagem ao Dia das Mães, contou com uma picanha de R$ 1.799,99 o quilo. As informações são da coluna Cozinha Bruta, do jornal Folha de S.Paulo.

Introduzida no Brasil há 25 anos pela empresa Yakult, a raça Wagyu é uma raça de gado japonesa que está conquistando o Brasil. Wagyu, que significa gado (gyu) do Japão (wa), é uma das carnes mais valorizadas no mercado gastronômico internacional. Com um aroma único, textura macia e suculenta, é considerada como a carne mais cara e saborosa do mundo.

De acordo com a reportagem, uma peça tem em média 350 gramas e custa cerca de R$ 600. O almoço de Bolsonaro teve pelo menos duas dessas peças, totalizando R$ 1.200 em 700 gramas de carne.

O churrasqueiro contratado, que aparece nas fotos com o presidente, veio de Belém do Pará para fazer o churrasco no Alvorada, segundo o colunista Marcos Nogueira. Ele atende pelo apelido Tchê – o “Churrasqueiro dos Artistas”.

Em seu perfil no Instagram, Tchê justifica a alcunha com imagens ao lado de personagens como o pintor Romero Britto, o ator Eri Johnson e a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

Tchê apareceu em um post no domingo posando com Bolsonaro e dois pacotes de carne. Na embalagem, uma charge do presidente, o slogan de campanha de Bolsonaro e o nome do frigorífico. A mesma foto está no perfil do Frigorífico Goiás, e a legenda anuncia: picanha Mito.

Nogueira ligou para o frigorífico, em Goiânia. A picanha Mito estava em falta, mas era possível comprar a mesma carne com outra embalagem. Picanha de gado da raça wagyu, de origem japonesa, por R$ 1.799,99 o quilo.

A reunião, que contou com cerca de 10 pessoas, ocorreu após Bolsonaro realizar, na manhã de domingo, um passeio de moto por mais de uma hora. Centenas de motociclistas participaram.

Ao retornar para o Alvorada, o presidente ainda causou aglomeração e, sem máscara, cumprimentou apoiadores que estavam em frente à residência oficial.

Em uma publicação nas redes sociais, um churrasqueiro, amigo do presidente, contratado para a comemoração, compartilhou uma foto, ao lado de Bolsonaro. Na imagem, os dois seguram embalagens de carne personalizadas com o slogan usado pelo chefe do Executivo na campanha: “Brasil, acima de tudo, Deus acima de todos”.

Nas imagens compartilhadas nas redes sociais de familiares e amigos, é possível ver que não houve distanciamento social. Além disso, nenhum convidado usou máscara de proteção. As medidas são recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo próprio Ministério da Saúde como ações de enfrentamento à pandemia do coronavírus.

Wagyu: saiba tudo sobre essa raça

No território brasileiro, a raça ainda é pouco explorada, por isso, criar a raça no Brasil pode ser um ótimo investimento para pecuaristas, uma vez que a demanda pela carne é muito maior do que a oferta.

E nessa tendência gourmet pela qual o mercado gastronômico está passando, faz cria uma busca muito maior por novos tipos de cortes e sabores, sem se importar muito com o valor a ser investido na experiência culinária. 

Vantagens do Wagyu

Algumas das vantagens de produzir a raça Wagyu já podem ser identificadas até aqui. A demanda é grande e cada vez mais crescente em território brasileiro e, apesar dos altos custos de produção e dos minuciosos processos de criação, os lucros por cabeças são atrativos muito interessantes.

Uma dica dos produtores para quem está começando é investir, inicialmente, em embriões, pois é uma forma de iniciar uma criação pura. Entretanto, muitos pecuaristas estão investindo nos cruzamentos das raças, já que o Wagyu é o que mais transmite marmoreio, fazendo com que a carne seja mais macia e saborosa.

O Brasil ainda carece de animais puros, mas trabalhar com os cruzamentos é uma boa oportunidade para quem quer iniciar o manejo com um pouco menos de investimento e acrescentar muita qualidade a carne. A vantagem da raça é que ela pode ser facilmente cruzada com outros tipos e obter um resultado de extrema qualidade.

Em pouco tempo, a procura por Wagyu irá aumentar vertiginosamente. Os produtores têm se mostrado satisfeitos com os resultados da criação e os lucros obtidos. A criação de Wagyu será um diferencial e tanto para o mercado de criação bovina.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com