Laticínio vai financiar novilhas para produtores

PARTILHAR
Foto: Irisvelton Silva

A cadeia leiteira ganha continuidade do Projeto Nordeste Leiteiro que vai promover, novamente, o financiamento de novilhas para pequenos produtores!

O Instituto Luiz Girão, iniciativa da Betânia Lácteos para promover e desenvolver a pecuária de leite no semiárido nordestino, dá continuidade ao Projeto Nordeste Leiteiro com o programa de financiamento de novilhas leiteiras para pequenos produtores que fornecem para a empresa. 

Batizado em homenagem ao fundador da Betânia, Luiz Girão, o instituto nasce para dar vida ao propósito da empresa: valorizar a família nordestina, alimentando o corpo e inspirando o coração. Betânia continuará com a relação sustentável com os produtores na compra de leite. E o Instituto vem para reforçar e ampliar a preocupação de Betânia com a cadeia de leite, para gerar desenvolvimento econômico, social e ambiental do semiárido nordestino.

A iniciativa é resultado de parcerias do Instituto com instituições financeiras para, dentre outros objetivos, financiar novilhas leiteiras de alto padrão genético sem comprometer o capital de giro do negócio do produtor.  

Em maio deste ano, foram financiados 81 animais para 13 produtores de leite da Betânia. Atualmente, o financiamento de animais para mais três fazendas de produtores parceiros da marca, com o Instituto Luiz Girão como intermediário entre o produtor, a instituição financeira responsável pelo limite de crédito e a fazenda parceira fornecedora dos animais, que se responsabiliza pela emissão de laudos e exames veterinários de controle de qualidade antes do transporte.  

A introdução de animais de alta qualidade genética visa o melhoramento a longo prazo da produtividade do gado leiteiro nas fazendas beneficiadas. “O programa de financiamento de novilhas do Instituto Luiz Girão é um investimento no futuro da cadeia leiteira do Nordeste, uma vez que as fazendas poderão iniciar uma nova linhagem de animais e começam a se tornar habilitadas para verticalizar a produção de leite em suas fazendas, garantindo assim a qualidade da produção e a continuidade do trabalho dessas famílias”, comenta David Girão. 

Ações do Instituto

As ações do Instituto serão baseadas em três pilares essenciais: Econômico/Prosperidade da Cadeia: ações de profissionalização da cadeia produtiva para aumento de renda; Social/Valor em Ser do Campo: serviços básicos, valorização, consciência de seu papel e importância, sucessão rural e Ambiental/Garantia de Recursos Futuros: respeito e conservação da Caatinga e o bem-estar animal.

  •  Assistência Técnica: Projeto de auxílio de Aplicativo exclusivo para o produtor;
  •  Financiamento de Ordenha Mecânica;
  •  Convênios com fornecedores de insumos e equipamentos;
  •  Financiamento de Novilhas.;
  •  Palestra e eventos de difusão de conhecimento.
  •  Financiamento de Smartphone;
  •  Venda de Ração e Volumoso;
  •  Implantação de módulos de cultivo da palma forrageira;
  •  Dias de Campo;

Projeto Nordeste Leiteiro é um programa de fomento estruturado com estratégia totalmente inovadora, voltada para promover um salto de produtividade, competitividade e sustentabilidade da pecuária no Nordeste através de diversas iniciativas implantadas de forma gradativa, desde o apoio financeiro até assistência técnica e formação de novos produtores das próximas gerações.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com