Mapa aumentará recursos para capacitação de produtores orgânicos

PARTILHAR
gondolas-em-supermercado-com-alimentos-organicos
Foto: Katy Askew / Genetic Literacy Project

Orgânicos foram colocados à prova e conseguiram dar conta da demanda de um consumidor cada dia mais exigente e responsável no consumo dos alimentos. 

Em um ano em que a pandemia da Covid-19 assolou o mundo, os cerca de 25 mil produtores cadastrados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) como orgânicos foram colocados à prova e conseguiram dar conta da demanda de um consumidor cada dia mais exigente e responsável no consumo dos alimentos. 

número de produtores orgânicos cresceu mais de 10% desde janeiro de 2020, de acordo com o Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos do Mapa. O avanço também foi registrado no campo: são 1 milhão de hectares de área com produção orgânica, somando mais de 31 mil unidades de produção.

Para capacitar esse público de produtores conforme as melhores práticas, a ministra Tereza Cristina anunciou nesta segunda-feira (12/07) a destinação de R$ 3 milhões para assistência técnica por meio da Anater. O Programa Residência Profissional Agrícola, conhecido como Agro Residência, também terá uma temática específica de atendimento aos produtores de orgânicos.   

“Os produtores estão dando resposta à demanda da sociedade, atendendo ao consumidor que busca um produto perto do seu ponto de consumo. Além das vantagens sociais e ambientais, temos uma grande oportunidade de negócios para a produção de orgânicos no Brasil. É um momento de celebração, de promoção para os consumidores e, principalmente, de valorização dos produtores”, comentou o secretário de Defesa Agropecuária, José Guilherme Leal.

A produção de alimentos orgânicos cresceu 30% em 2020, segundo dados da Associação de Promoção dos Orgânicos (Organis). Esse aumento de produção, consumo e procura por alimentos cultivados e processados de forma mais sustentável movimentou cerca de R$ 5,8 bilhões no mercado nacional.

Para promover ainda mais o modelo de produção orgânica, o Mapa reúne representantes do governo, produtores, técnicos e acadêmicos para discutir o desenvolvimento do setor. A XVII Campanha Anual de Promoção do Produto Orgânico começou ontem (12/07) com o tema “Alimento Orgânico: sabor e saúde em sua vida”.

“Essa campanha já se tornou tradição no Mapa e ganha uma importância especial neste ano de pandemia em que ficaram tão evidentes os vínculos entre saúde, alimentação, agricultura e meio ambiente.  A produção orgânica se desenvolve de forma harmônica com a natureza, sem descuidar da geração de renda e da inclusão social. É a expressão mais pura do social, econômico e ambiental”, disse a ministra Tereza Cristina.

Mesas de diálogos compõem o Seminário Virtual, a ser realizado nos dias 12 e 13 de julho, a partir das 14h. As transmissões serão ao vivo pelo YouTube da Escola Nacional de Gestão Agropecuária (Enagro).

As informações são do Mapa

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.