Mercado brasileiro da soja tem dia de poucos negócios

Mercado brasileiro da soja tem dia de poucos negócios

PARTILHAR
Foto: Embrapa

A movimentação do mercado da soja foi marcada por preços mistos e agentes distanciados; Confira as principais cotações pelo Brasil!

O mercado brasileiro de soja segue sem alterações: preços mistos, agentes distanciados e poucos negócios. A falta de soja disponível determina esse comportamento, segundo o Safras & Mercado. O dólar caiu forte, mas Chicago segue firme, procurando a casa de US$ 10 por bushel.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos permaneceu em R$ 140,00. Na região das Missões, a cotação seguiu de R$ 139. No porto de Rio Grande, o preço estabilizou em R$ 137,50.

Em Cascavel (PR), o preço passou de R$ 131 para R$ 130 a saca. No porto de Paranaguá (PR), os valores baixaram de R$ 135 para R$ 134,50.

Em Rondonópolis (MT), o movimento foi inverso, com a saca subindo de R$ 133 para R$ 134. Em Dourados (MS), a cotação estabilizou em R$ 133,00. Em Rio Verde (GO), a saca permaneceu em R$ 130,00.

Line-up

O line-up, a programação de embarques nos portos brasileiros, indica volume de 4,325 milhões de toneladas de soja em grão para setembro, conforme levantamento realizado por Safras & Mercado. Até o momento, já foram 1,022 milhão de toneladas. Em agosto, foram embarcadas 5,666 milhões de toneladas.

Para outubro, programação aponta 640,250 mil toneladas.

De janeiro a setembro, o line-up aponta o embarque de 79,666 milhões de toneladas. Em igual período do ano passado, foram embarcadas 60,768 milhões de toneladas. A Secretaria do Comércio Exterior (Secex) indica 75,865 milhões de toneladas no período.

Fonte: Agência Safras

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.