Mercado da soja tem dia de preços regionalizados

Mercado da soja tem dia de preços regionalizados

PARTILHAR
semente de soja
Foto: Divulgação

Enquanto a saca da soja baixou em Passo Fundo (RS), as cotações registraram aumento em Cascavel (PR); Confira o que esperar do mercado nos próximos dias!

Nesta quinta-feira, 10 não foram observadas grandes surpresas no mercado brasileiro de soja: os preços seguiram regionalizados, em meio a uma movimentação arrastada. Chicago realizou após 12 sessões de alta, o dólar subiu em dia volátil e os prêmios seguiram estabilizados.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos baixou de R$ 140 para R$ 139,00. Na região das Missões, a cotação caiu de R$ 139,00 para R$ 138,00. No porto de Rio Grande, o preço recuou de R$ 137,50 para R$ 137,00.

Em Cascavel (PR), o preço passou de R$ 130 para R$ 132 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca subiu de R$ 134,50 para R$ 135.

Agrifatto

Avanços em Chicago e dólar estável garantem mais um dia de valorização para a soja brasileira no mercado físico, a referência nos portos brasileiros pela oleaginosa é de cotações acima dos R$ 137,00/sc. O farelo de soja caminha junto, as cotações em Rio Verde/GO já ultrapassam os R$ 1.830/t, no entanto, a dificuldade em achar vendedores é grande.

Pouca movimentação nos vencimentos mais futuros da oleaginosa na CBOT, o vencimento para novembro/20 variou negativamente 0,13%, ficando cotado a US$ 9,78/bu. A atenção se volta para o relatório de oferta de demanda que será divulgado hoje à tarde pelo USDA.

Compre Rural com informações da Agrifatto e Agência Safras

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.