Milho recua mas preço segue acima de R$ 100/sc

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Efeito combinado das importações associado a disponibilidade do cereal, os preços da saca do milho têm ligeiro recuo para os R$101,00/sc. Confira abaixo!

O boletim semanal da CONAB aponta que a colheita do cereal superou os 51% da área plantada no Brasil, com o efeito combinado das importações associado a disponibilidade do cereal, os preços da saca do milho na região de Campinas/SP têm ligeiro recuo para os R$101,00/sc. Na B3 os futuros abriram a semana recuando refletindo o mercado físico, com isso o contrato setembro/21 encerrou a segunda-feira avaliado em R$ 98,64/sc, recuando 0,74%.

Na última semana de julho/21 foram embarcadas 862,175 mil toneladas de milho, volume 44,35% superior à 3ª semana do mês. Com uma média diária de 90,15 mil toneladas carregadas nos navios, o volume preliminar de milho brasileiro é de 1,98 milhões de toneladas em julho/21, quantidade que corresponde a 49,8% do volume exportado em julho/20.

O preço médio do cereal exportado foi de US$ 203,9/ton e a receita preliminar para o mês de julho é de US$ 404,32 milhões com as exportações do milho, valor correspondente a 63,84% de julho/20.

Boi Gordo

Sem grandes novidades, o mercado do boi gordo segue firme e estável, as indústrias frigoríficas seguem com escalas preenchidas e os preços para o animal circundam os R$ 320,00/@. Na B3, o vencimento para outubro/21 fechou o dia cotado a R$ 325,00/@, recuando -0,05% no comparativo diário. No mercado atacadista paulista os preços da carcaça casada bovina seguem nominais, cotada a R$ 19,50/kg.

A última semana de julho/21 se encerrou com uma queda no volume das exportações de carne bovina _in natura_, foram 35,79 mil toneladas embarcadas no período, recuo de 13,25% no comparativo semanal.

Ainda assim, o mês finalizou-se com o melhor resultado diário da história para um mês de julho, foram 7,56 mil toneladas/dia, 2,70% acima de julho/20, levando o Brasil a um total exportado de 166,29 mil toneladas, o melhor resultado de 2021.

Soja

O preço da soja em Paranaguá/PR inicia a semana recuando para R$167,00/sc refletindo o recuo do dólar superior à valorização da oleaginosa em Chicago. As preocupações com o clima e as condições das lavouras norte-americanas levaram os futuros CBOT da soja a fecharam em alta. O contrato para agosto/21 registrou valorização de 0,28% no primeiro pregão da semana encerrando o dia em US$ 14,18/bu.

As exportações da oleaginosa registraram 1,64 milhões de toneladas na última semana de julho, volume 12,03% superior ao da 3ª semana do mês. Com uma média diária de 393,89 mil toneladas embarcadas, julho/21 totalizou 8,66 milhões de toneladas exportadas, 12,95% a menos que no mesmo mês em 2020.

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com