Rei da Soja fecha acordo e vira Gigante do Agro, vídeo!

PARTILHAR
Foto: SLC Agrícola

SLC e Terra Santa anunciam conclusão de acordo para formação de gigante agrícola; Nesta segunda-feira (02/08), foram concluídos os atos de confirmação do fechamento da combinação!

A SLC Agrícola e a Terra Santa Agro anunciaram nesta segunda-feira que foram concluídos os atos de confirmação do fechamento da combinação dos negócios das empresas, o que formará uma gigante de produção agrícola no Brasil.

Dessa forma, o ciclo de 2021/22 será o primeiro da SLC com a incorporação da Terra Santa. O plantio da companhia deverá passar de 470 mil hectares em 2020/21 para 660 mil hectares na temporada atual. Esse avanço traz grande impacto na produtividade da empresa que, agora, ultrapassa a Bom Futuro!

A operação consistiu na incorporação pela SLC da operação agrícola da Terra Santa (excluindo terras e benfeitorias), em acordo que envolveu ações.

As companhias informaram que a relação de troca, considerando uma maior abertura das casas decimais, foi equivalente a 3,32367074 ações da TS Agro para cada ação da Terra Santa para fins da redução de capital; e para fins da incorporação de ações, 0,08588495 ação da SLC para cada ação da Terra Santa e de 0,46060000 ação da SLC para cada bônus de subscrição da Terra Santa remanescente.

Com a negociação, surge uma nova empresa, a Terra Santa Propriedades Agrícolas, voltada ao mercado imobiliário rural. “Trata-se de um setor ainda pouco explorado no Brasil e bastante promissor”, diz José Humberto Teodoro Júnior, presidente da companhia.

De acordo com as premissas da operação, a Terra Santa irá arrendar por vinte anos suas terras, que somam 145 mil hectares, para a SLC Agrícola.

A Terra Santa deverá mapear outras propriedades rurais com potencial de alto retorno financeiro para os investidores. Uma das intenções é atrais pessoas físicas. “A valorização das terras agrícolas e do próprio agronegócio brasileiro, que deve bater mais um recorde de produtividade este ano em relação aos grãos, tornado o investimento em imóveis rurais bastante interessante”, diz Teodoro.

“Será mais uma classe de ativos na opção da carteira de investimentos”.

“Foi publicado a dados de 1º de agosto de 2021, como dados de redução de capital e consumação da incorporação de ações”, segundo as empresas, após reuniões de seus conselhos de administração. Com isso, 2 de agosto foi a data definida para o início das ações das ações da TS Agro na B3 através do ticker LAND3.

Conheça os números e tamanho do Rei da Soja

A SLC Agrícola, que ocupava a segunda colocação, informou em novembro que a compra da Terra Santa estava sendo realizada, conforme descrito acima. Sendo assim, ela é agora a proprietária de mais de 581 mil hectares de soja, o que a torna o novo Rei da Soja!

O posto de maior produtor de soja do país pertencia ao Grupo Bom Futuro, com uma área de 530 mil hectares. A soja, principal cultura cultivada nas unidades da Bom Futuro, com uma média de 280 mil hectares, totalizando uma produção aproximada de 1,3 milhão de toneladas por safra.

A SLC Agrícola, fundada em 1977 pelo Grupo SLC, é uma das maiores produtoras mundiais de grãos e fibras, focada na produção de algodão, soja e milho. Empresa se tornará o novo Rei da Soja!

Com Matriz em Porto Alegre (RS), a Empresa possui 16 Unidades de Produção estrategicamente localizadas em 6 estados brasileiros que totalizaram 448.568 hectares no ano-safra 2019/20.

As fazendas estão localizadas nos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Pernambuco e Maranhão.

Imagens do Novo Rei da Soja:

Parque de Máquinas da SLC Agrícola

  • 212 tratores
  • 206 colheitadeiras de grãos
  • 85 colheitadeiras de algodão
  • 209 plantadeiras
  • 161 pulverizadores autopropelidos

TOP 5 – Grupos em área plantada no Brasil:

Safra 2019/20

A área total plantada de Soja Comercial e Soja Semente totalizou 235 mil hectares na safra atual. Até 21 de fevereiro, contávamos com 124,3 mil hectares já colhidos, correspondendo a 52,8% da área total cultivada. Estamos elevando nossa estimativa de produtividade para essa cultura de 3.607 Kg/ha para 3.840 kg/ha, ou seja, 6,5% superior ao projeto inicial.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com