Minerva pode criar boi na Austrália, e agora?

Minerva pode criar boi na Austrália, e agora?

PARTILHAR
(Photo by Tony Lewis/Getty Images)

Minerva terá além da formação de uma joint venture focada na criação, agricultura, processamento e exportação de ovinos e bovinos a compra de ativos.

O frigorífico brasileiro Minerva assinou um memorando de entendimento com o grupo investidor saudita – a Saudi Agricultural and Livestock Investment Company (Salic). O documento visa a possível aquisição de ativos de processamento na Austrália, além da formação de uma joint venture focada na criação, agricultura, processamento e exportação de ovinos e bovinos. A informação foi publicada no portal australiano Beef Central. A Salic já é sócia da Minerva S/A, com 33,76% das ações da empresa.

A Minerva Foods disse ao portal australiano que, com o apoio da Salic, o contrato de fornecimento deve fortalecer a exposição e as operações da companhia brasileira no Oriente Médio e na Ásia, que abrangem cerca de 65% da população mundial e 40% do PIB (Produto Interno Bruto) global.

Segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), esses mercados foram responsáveis ​​por mais de 60% das importações globais de carne bovina em 2020. Nos três primeiros trimestres de 2020, a região foi o destino de cerca de 55% das exportações de carne bovina da Minerva Foods.

De acordo com o contrato de fornecimento, a Salic pode adquirir até 25.000 toneladas de produtos da Minerva por ano, a preços de mercado, de acordo com termos e procedimentos pré-definidos, disse um comunicado. A Minerva Foods também assinou um memorando de entendimento com a Salic visando a possível aquisição de ativos na Austrália e a formação de uma joint venture no país da Oceania.

“A Austrália é o maior exportador mundial de produtos processados ​​de carne ovina e o segundo maior exportador de carne bovina. É reconhecida mundialmente pela tradição e qualidade de seus produtos, acessando tanto mercados de alto crescimento, como Ásia e Oriente Médio, quanto mercados de alta renda que possibilitam maior rentabilidade, como Estados Unidos, Europa, Japão e Coreia do Sul”, disse a Minerva.

O frigorífico brasileiro disse ainda que a potencial criação da joint venture em parceria com a Salic irá resultar em novas oportunidades de negócios, a fim de atender à crescente demanda global por proteína animal.

A Merredin Farms, subsidiária integral da Salic Austrália, controla hoje os ativos agrícolas e de pastagem australianos, totalizando 211.000 hectares. O portfólio inclui 158.000 hectares de terras aráveis, dos quais pouco mais de 90.000 hectares são cultivados na safra atual. Além disso, a empresa administra cerca de 40.000 ovelhas.

A Salic UK é a subsidiária integral do Grupo com sede em Londres, estabelecida em 2014 para facilitar os investimentos do grupo em novos empreendimentos no exterior. Além disso, a companhia supervisiona as atividades de gestão de fundos de investimento do grupo no Reino Unido, atuando como uma holding para investimentos na Europa, América do Norte e outras regiões.  

Com informações da Beef Central e do portal DBO.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.