Morre um dos maiores nomes do gado de corte!

PARTILHAR

A pecuária brasileira e a Embrapa Gado de Corte perdeu um de seus mais antigos pesquisadores e ícones do nosso setor. Grande tristeza e perda!

Faleceu na tarde desta quarta-feira, 31 de março, aos 77 anos vítima da Covid-19, o pesquisador recém-aposentado da Embrapa Gado de Corte, Ezequiel Rodrigues do Valle que deixa esposa, também pesquisadora recém-aposentada da Embrapa, Cacilda do Valle, um casal de filhos e três netos. 

Sua história na empresa começou em 1975 quando foi contratado para trabalhar na área de pesquisa. Engenheiro-agrônomo formado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz-USP (1970), mestre e doutor em Fisiologia da Reprodução pela Universidade de Iowa, USA (1977), e pela Universidade de Illinois, USA (1986), respectivamente, “Kiko” – como era carinhosamente chamado pelos colegas – dedicou a maior parte da sua vida trabalhando em prol do desenvolvimento agropecuário.

Tinha experiência na área de desenvolvimento e aplicação de protocolos de controle de qualidade, para serem utilizados em sistemas de produção de bovinos de corte. 

Na Embrapa Gado de Corte assumiu alguns cargos de supervisão, coordenação de programas, articulador internacional e, nos últimos anos, atuava como Coordenador do Programa de Boas Práticas Agropecuárias (BPA) – Bovinos de Corte. 

Sua atuação também foi marcante fora da Embrapa, como coordenador da Câmara Setorial Consultiva da Bovinocultura de Corte de Mato Grosso do Sul, que é vinculada à Secretaria Estadual de Produção e Turismo. Atuou, também, como diretor-técnico, presidente, vice-presidente e diretor de Sustentabilidade da Associação Novilho Precoce – MS. 

Um marco na sua vida profissional foi coordenar o Comitê Técnico do BPA, junto ao Ministério da Agricultura, além de coordenar em âmbito nacional o programa BPA – Bovinos de Corte.

Nas inúmeras entrevistas que concedeu sobre o BPA, ele enfatizava que o objetivo do Programa era conscientizar e orientar os produtores rurais sobre a necessidade de disponibilizar e assegurar ao mercado consumidor a oferta de alimentos seguros, com atributos de qualidade, provenientes de sistemas de produção sustentáveis, ou seja, aqueles que atendem às legislações ambientais, trabalhistas e são economicamente viáveis.

Os resultados de sua trajetória profissional na Embrapa estão marcados nas mais de 80 publicações como autor ou coautor. O doutor Ezequiel do Valle foi merecedor de várias premiações, como:

  • Premiação por Excelência – coordenador da Equipe Técnico Científica do Projeto BPA, Embrapa;
  • Premiação Nacional de Equipes – Categoria Parceria, como líder do projeto BPA, Embrapa;
  • Premiação Nacional de Equipes – Categoria Captação de Recursos, Projeto BPA, Embrapa.

Recebeu, também, alguns reconhecimentos pelos serviços prestados à Câmara Municipal de Campo Grande (consultoria anabolizantes) e, em 1977, da Universidade Estadual de Ciência e Tecnologia de Iowa (EUA). 

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com