Morre um dos maiores pesquisadores da Embrapa

Morre um dos maiores pesquisadores da Embrapa

PARTILHAR
Foto: Josimar Lima

Pesquisador Armindo Kichel morre após infarto em Sinop (MT), Agrônomo atuava na Embrapa Gado de Corte há 28 anos. Veja o que aconteceu!

O pesquisador da Embrapa, Armindo Neivo Kichel, faleceu nesta sexta-feira, aos 63 anos, devido a um infarto agudo do miorcádio, ocorrido em Sinop (MT). Gaúcho de Getúlio Vargas (RS), Kichel deixa esposa, dois filhos e três netos. 

Engenheiro-agrônomo, com mestrado e doutorado em Agronomia, pela Universidade Federal de Pelotas (RS) e Universidade Federal da Grande Dourados (MS), respectivamente, Kichel iniciou sua carreira como pesquisador da Embrapa em 1983, na Unidade Clima Temperado (Pelotas-RS).

Em 1991 chegou a Campo Grande (MS) para atuar na Embrapa Gado de Corte, ao lado dos colegas Ademir Zimmer, Manuel Macedo e Valéria Pacheco.

ILPF
Foto: Embrapa.

Ao longo de mais de 30 anos de carreira, o pesquisador especializou-se em recuperação e manejo de pastagens, a partir da utilização de sistemas integrados de produção. 

Seu conhecimento na área o levou para todos os cantos do País e Kichel tornou-se próximo da classe produtora, assim, além de pesquisador passou a ser um empenhado difusor de tecnologias da Embrapa.

Ele publicou dezenas de artigos e é autor de livros sobre sistemas integrados. 

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com