Morre um grande produtor rural do Brasil

Morre um grande produtor rural do Brasil

PARTILHAR
Morre pioneiro de Lucas do Rio Verde. Foto Divulgação.

Morre pioneiro de Lucas do Rio Verde, Ciro Ida, aos 59 anos. Ele era produtor rural, e residia em Lucas do Rio Verde há mais de 30 anos. Veja!

Faleceu na manhã desta terça-feira (08) o produtor rural e pioneiro de Lucas do Rio Verde, Ciro Ida, aos 59 anos.

De acordo com informações, Ciro teria sofrido um infarto. Ele chegou a ser levado ao Hospital São Lucas, porém não resistiu e foi à óbito.

O produtor residia em Lucas do Rio Verde há 30 anos e era bem conhecido na comunidade. Ele nunca mediu esforços pelo bem do município e contribuiu sempre para que sua esposa, Rose Ida, desenvolvesse ações em prol do Hospital do Câncer de Barretos.

É com pesar que comunicamos o falecimento de Ciro Ida, 59 anos, produtor rural, morador antigo da cidade de Lucas do Rio Verde.

Ciro deixa a esposa, dois filhos e um neto.

O velório será realizado nesta tarde, na Câmara de Vereadores.

A equipe do Compre Rural lamenta profundamente o falecimento de Ciro e estende seus sentimentos aos familiares e amigos. Foi e será sempre um dos grandes nomes da agricultura no estado do Mato Grosso.

Outra grande perda que tivemos esse ano

Proprietário da Fazenda Taboco, no Pantanal, também era padrasto do prefeito de Aquidauana Odilon Alves Ribeiro. O pecuarista Renato Ribeiro morre aos 101 anos.

Morreu aos 101 anos, o engenheiro agrônomo Renato Alves Ribeiro, dono da Fazenda Taboco, no Pantanal, e de uma mansão histórica, na Rua 15 de Novembro, em Campo Grande.

As causas da morte não foram divulgadas, mas doente no último ano, Renato vivia sob os cuidados da esposa Maria Tereza Alves Ribeiro, em uma UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) montada em sua residência

O engenheiro agrônomo também compartilhou suas lembranças ao escrever o livro “Taboco – 150 anos: balaio de recordações”, publicado em 2010. .

Fazenda de Aquidauana (MS) é modelo para produção de carne sustentável no pantanal do Mato Grosso do Sul. Um grande nome da pecuária que deixará saudades!

Empreendedor na pecuária sul-mato-grossense, Renato Ribeiro era dono da centenária Fazenda Taboco, na região do Pantanal. O engenheiro agrônomo também compartilhou suas lembranças ao escrever o livro “Taboco – 150 anos: balaio de recordações”, publicado em 2010.

Renato nasceu no dia 6 de fevereiro de 1918. Pecuarista famoso em Mato Grosso do Sul, a fazenda localizada em Aquidauana tem mais de 170 anos.

Empreendedor em diversas áreas, Renato Ribeiro era tido como um grande benemérito mantendo em Campo Grande diversas instituições filantrópicas como hospitais e entidades beneficentes.

Fachada da casa construída em 1969 e moderna para a época. (Foto: Marcos Ermínio)

A casa em Campo Grande já foi muito confundida com centro comercial, diante da modernidade. A casa foi erguida na década de 1960, para Renato para viver junto aos filhos e depois dos netos.

O imóvel tem mais de 2 mil metros quadrados, três andares e 25 cômodos, distribuídos entre suítes, banheiros, sala de estar, jantar, TV, cozinha e área de serviço, além do salão de festas, piscina e área de churrasqueira.

Dono da Fazenda Taboco, Renato Alves Ribeiro se despede do Pantanal aos 101 anos

Imóvel tem mais de 2 mil metros quadrados, três andares e 25 cômodos (Foto: Marcos Ermínio)

Segundo o portal O Pantaneiro, ele era irmão do ex-prefeito de Aquidauana Tico Ribeiro e de Lourdes Fragelli, já falecidos. Renato era pai de José Alves Ribeiro Neto e Rosa Maria, também já falecidos. O pecuarista era padrasto do atual prefeito de Aquidauana Odilon Alves Ribeiro.

Renato nasceu no dia 6 de fevereiro de 1918. O velório acontece neste sábado (17), no período da manhã, no Parque das Primaveras. O horário do enterro ainda não foi divulgado.

Vídeo da Ouro Fino na fazenda:

 

Fonte: Lucas do Rio Verde

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com