Mosaic Fertilizantes eleva produtividade em usinas de fosfato no Brasil

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Até dezembro de 2022, a previsão é que esse percentual mais que dobre, chegando a 7%, ou aproximadamente 150 mil toneladas por ano, adicionou.

RIO DE JANEIRO (Reuters) – A Mosaic Fertilizantes obteve ganhos de produtividade após investir 12 milhões de dólares em equipamentos e mudanças de rotas de processo para ampliar a eficiência do uso do recurso mineral fosfático das unidades de Tapira (MG) e Catalão (GO), disse a companhia em comunicado nesta segunda-feira.

Uma das maiores produtoras de fosfato e potássio combinados, a companhia obteve com o aporte realizado no primeiro trimestre deste ano um incremento relativo de 3,1% no desempenho de produção, informou.

Até dezembro de 2022, a previsão é que esse percentual mais que dobre, chegando a 7%, ou aproximadamente 150 mil toneladas por ano, adicionou.

O ganho de produtividade, segundo a companhia, está associado ao melhor aproveitamento da rocha nas unidades.

“Este projeto vem para implementar automação, inovação e transformação digital nas usinas, bem como a transformação dos equipamentos e sistemas envolvidos nos processos”, disse em nota o vice-presidente de Operações da Mosaic Fertilizantes, Elias Lima.

“O auxílio dos softwares viabiliza respostas mais imediatas e, principalmente, baseadas em sistemas. O resultado é um ganho expressivo em produtividade, mesmo ainda em fase de investimento.”

A empresa pontuou que uma das tecnologias inéditas na indústria brasileira de fosfato, usadas neste projeto, é um analisador on-line de processos de britagem e flotação, “que oferece aos operadores informações precisas e em tempo real para tomada de decisão, processos que antes levavam algumas horas para serem avaliados”.

Fonte: Reuters

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com