MST: “Eu tenho a minha opinião, e a sua?” Vídeo

MST: “Eu tenho a minha opinião, e a sua?” Vídeo

PARTILHAR

Frase e vídeo foram compartilhados pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro; Afinal, qual a sua opinião? Veja o vídeo e se indigne também!

Durante a sua trajetória, Bolsonaro sempre deixou claro que o movimento e as invasões como eram feitas, deveriam ser criminalizadas e cabíveis de punição por lei. “No que depender de mim, será tipificado como terrorismo“, afirmou. Ele disse que conversará com parlamentares para buscar uma proposta que seja viável para aprovação no Legislativo. 

Bolsonaro também defendeu o envio de um outro projeto de lei que possa estender o direito de legítima de defesa para quem atira contra pessoas que tentem invadir domicílios privados. Esta foi uma das promessas de campanha do presidente, que vem defendendo sua opinião sobre os atos do MST. Segundo ele, uma lei semelhante foi aprovada recentemente na Itália. 

O movimento está mais fraco também pela falta de financiamento do setor público, feito por meio de convênios, de entidades e organizações não governamentais, algo que não ocorria nos governos do PT. Lembrando que o PT, “utilizava” do MST como braço de apoio do Governo.

Os dados de 2019, mostram que o movimento praticamente zerou o número de invasões no Governo Bolsoanro. O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) registrou só 5 ocupação em 2019 ante 43 ações no mesmo período de 2018. Com o decorrer do ano de 2020, as invasões foram perdendo ainda mais força e totalizou até agora, apenas, 3 invasões. Apoiadores do atual Presidente, Bolsonaro, dizem que ele acabou com o MST e cumpriu a promessa de campanha.

Bolsonaro defende ainda, que o movimento de invasão e quebradeira, como o do vídeo abaixo, deve ser criminalizado e a polícia precisa “acabar” com tal situação. “Quando marginais invadem propriedades rurais, e o juiz determina a reintegração de posse, como é quase como regra que governadores protelam, poderia, pelo nosso projeto, ter uma GLO do campo para chegar e tirar o cara”, disse o presidente.

Confira o vídeo divulgado pelo próprio presidente em suas redes sociais no dia de hoje:

Segundo os dados divulgados pelo próprio movimento, o MST, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) repensa suas estratégias de luta. Em entrevista ao De Olho nos Ruralistas, um dos dirigentes nacionais do movimento, João Paulo Rodrigues, conta que o movimento perdeu mais de 15% da sua base em acampamentos pelo Brasil.

Confira abaixo alguns comentários à favor do presidente e outros contra o posicionamento do chefe da Nação.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.