Nova Strada está chegando e mudará o mercado, vídeo!

PARTILHAR
Crédito: Kleber Silva/K Design

Picape Fiat Strada Ranch terá motor 1.3 Firefly e transmissão automática CVT que simula 7 marchas; Picape deve ser lançada em novembro e promete mudar o mercado!

A Fiat já havia anunciado que a nova picape Strada ganhará uma versão com câmbio CVT ainda este ano. Mas os detalhes ainda eram desconhecidos. Agora, eles se revelam. Por meio de uma reportagem do site Autos Segredos e de projeções do designer Kleber Silva, já podemos antecipar como será a Fiat Strada Ranch CVT.

De acordo com projeções feitas pelo designer, da K Design, a nova Strada Ranch terá detalhes diferenciados, como novo para-choques, grade avantajada (como na Toro) e uma série de apliques cromados por todas as partes. O santantônio – também com acabamento cromado – é o responsável por dar um charme especial à traseira da picape.

No mais, há faróis de neblina com novos contornos. Nas laterais, destaque para os estribos que facilitam o acesso ao interior da picape. Como de praxe, a nova Fiat Strada apresenta suspensão elevada – e, claro, novas rodas de liga leve. Essas, aliás, deverão ser escurecidas.

Segundo reportagem de Marlos Ney Vidal, a Strada Ranch utilizará o mesmo motor 1.3 Firefly que equipa as versões Freedom e Volcano, mas terá atualizações para ficar mais ecológico. O objetivo é atender às normas de emissões do Proconve PL7. Atualmente, o motor 1.3 Firefly tem 109 cv de potência e 139 Nm de torque. O câmbio CVT terá 7 marchas e será da japonesa Aisin (empresa que pertence à Toyota).

Visualmente, segundo as projeções de Kleber Silva, a Strada Ranch terá elementos cromados em torno da grade preta e na moldura dos faróis auxiliares. O badge Ranch, identificando a versão, será colocado na parte inferior da porta. O cromado aparece também no santantônio, que deve ser igual ao da Toro Ranch. Rodas de liga leve preta completam o visual externo.

Por dentro, a Strada Ranch CVT deve ganhar volante de couro com base reta, igual aos da Jeep. O badge Ranch ficará no console central e o nome da versão deve aparecer também no encosto dos bancos. Para a Fiat, é interessante ampliar a linha Ranch, que hoje tem apenas a Toro, mas permitiu que a picape tivesse uma versão acima da que é considerada topo de linha.

Strada pode ganhar versão Ranch, com elementos semelhantes aos da Fiat Toro e câmbio CVT que simula sete marchas
Crédito: Kleber Silva/K Design
Strada pode ganhar versão Ranch, com elementos semelhantes aos da Fiat Toro e câmbio CVT que simula sete marchas
Crédito: Kleber Silva/K Design
Strada pode ganhar versão Ranch, com elementos semelhantes aos da Fiat Toro e câmbio CVT que simula sete marchas
Crédito: Kleber Silva/K Design

Finalmente, o câmbio automático

Mas, para além da estética, há algo que a clientela espera desde o lançamento da nova geração da Fiat Strada: o câmbio automático.

Embora não haja nenhum badge na carroceria com a identificação CVT, de acordo com apuração do Autos Segredos, a Strada Ranch será a responsável pela estreia da transmissão continuamente variável (CVT) na gama da picape. Com sete marchas, o câmbio escolhido pela fabricante italiana será o mesmo do Toyota Yaris, fornecido pela Aisin.

Atualmente, a Fiat Strada é o veículo mais vendido do Brasil. Com 61 mil emplacamentos n o primeiro semestre, a Strada deve ser a primeira picape a ser campeã nacional de vendas, interrompendo uma sequência de seis anos do Chevrolet Onix. Quanto ao preço, a nova Strada Ranch deve passar de R$ 100 mil, pois a Strada Volcano custa R$ 95.590.

Powertrain escolhido pela Fiat

Questionada pelo Jornal do Carro, uma fonte ligada à Fiat adiantou que a novata terá powertrain formado pelo mesmo motor 1.3 Firefly (109 cv de potência máxima) das versões Freedom e Volcano.

Visto que o lançamento acontecerá só no fim do ano (especula-se novembro), o sobrenome Ranch ainda não está fechado. Mas levando em conta a sua boa aceitação na Toro, tem tudo para ser escolhido.

Saiba por que a picape Fiat Toro foi a melhor ideia da década:

A primeira quinzena de julho do mercado automotivo reflete o bom momento do agronegócio no Brasil. Com alta lucratividade e ainda sem poder gastar dinheiro em viagens, empresários do setor empurram para cima as vendas das picapes.

A liderança continua com a Fiat Strada, que já encostou na casa das 5 mil vendas este mês. Sua irmã maior, a Fiat Toro, aparece muito bem colocada em 4º lugar com mais de 3,2 mil emplacamentos. Veja a seguir a lista dos cinco modelos mais emplacados na primeira quinzena de julho.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com