O mundo precisa do Brasil para ter alimentos, diz ministro

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Os participantes debateram as expectativas com a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2022, a ser realizada em novembro, no Egito.

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcos Montes, participou nesta quarta-feira (24), em Brasília, do Seminário de Inovação e Sustentabilidade no Cooperativismo, promovido pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e Canal Rural.

No evento, o ministro ressaltou que os produtores rurais brasileiros já vêm adotando técnicas sustentáveis nas lavouras e na pecuária. Segundo ele, como importante player mundial na produção de alimentos, o Brasil tem condições de ampliar a produtividade, com inovação e tecnologia, nos próximos anos sem a abertura de novas áreas.

“O mundo precisa do Brasil para produzir alimentos. Temos essa responsabilidade, mas também de preservação, como já fazemos”, disse. “Produzir, nós já sabemos. Agora, temos que produzir cada vez mais com sustentabilidade”, acrescentou.

Os participantes debateram as expectativas com a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2022 (COP27), a ser realizada em novembro, no Egito.

O ministro Marcos Montes destacou ainda que o Brasil irá cumprir os compromissos assumidos na conferência passada (COP26), porém que as metas não são exclusivas do setor agropecuário.

As soluções devem ser buscadas pelos mais diversos setores da sociedade e da economia. “Não podemos ser os únicos a buscar uma solução, não é só do agro”. 

Durante a COP26, o Brasil apresentou o compromisso de reduzir em 50% as emissões de GEE até 2030, relativo ao ano de 2005, e de atingir a neutralidade climática até 2050.

O seminário teve a participação do presidente da OCB, Márcio Lopes de Freitas; do ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite; do embaixador e secretário de Assuntos Multilaterais Políticos do Ministério das Relações Exteriores (MRE), Paulino Franco de Carvalho Neto; da diretora de Produção Sustentável e Irrigação do Ministério da Agricultura (Mapa), Fabiana Villa Alves; e do presidente do Novo Banco de Desenvolvimento do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), Marcos Troyjo.

Em sua participação, a diretora do Mapa, Fabiana Villa Alves, destacou que há mais de uma década a agropecuária brasileira têm produzido alimentos de forma sustentável, ao citar o Plano ABC, que preconiza práticas da agricultura de baixo carbono. “Além da segurança alimentar, um tema que nós temos tratado é a inclusão alimentar.

A segurança garante que o alimento chegue, mas também que o alimento sustentável seja incluído, que as pessoas tenham acesso a um alimento de maior valor biológico”.

O painel foi realizado também, em semanas anteriores, em Curitiba (PR), Manaus (AM) e Belo Horizonte (MG).

Fonte: Mapa

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com