Parceira da Embrapa destaca-se como empresa inovadora

Parceira da Embrapa destaca-se como empresa inovadora

PARTILHAR
dinapec-2018-embrapa-gado-de-corte-70
Foto: Marcio Peruchi

Inovações da COIMMA são destacadas pela Forbes e Embrapa, revista ouviu especialistas no assunto para criar ranking.

A Coimma, parceira da Embrapa no desenvolvimento e aprimoramento da balança de passagem, Balpass, está entre as dez empresas mais inovadoras do País segundo a lista de 2018 da revista Forbes Brasil. A publicação ouviu especialistas e considerou as companhias que implementaram ou criaram produtos e processos além de inéditos são disruptivos.

Tecnologia disruptiva refere-se àquela que provoca a descontiuidade de sua antecessora. Lançada no ano passado após dez anos de estudos, a Balpass encaixa-se na definição, segundo o pesquisador Pedro Paulo Pires. Ele explica que o equipamento permite ao produtor o acompanhamento remoto e constante do rebanho. “Ele não precisa trazer, necessariamente, o animal para pesar no mangueiro. A balança é instalada no campo, em ponto estratégico da propriedade, como bebedouros, cochos ou praça de alimentação”.

Outro destaque é a pesagem individualizada, rápida e sem estresse aos animais e sem uso, também, de mão-de-obra constante, o que reduz tempo e gastos. Especialista da Embrapa em pecuária de precisão, Pedro Paulo ressalta ainda a coleta de dados e o envio dos mesmos para análise no escritório da fazenda. A transmissão é por antena, via RFID (identificação por radiofrequência), e o acesso do usuário ao banco de dados, por meio de dispositivos móveis ou desktops, é por internet.

Desde o lançamento, o equipamento evoluiu e o novo software, em fase de homologação, apresenta profundas alterações, com itens de inteligência artificial, levando a tecnologia a outro patamar. “Ela não é mais uma balança, mas uma plataforma de pecuária de precisão, tanto sob o ponto de vista de aplicação quanto de infraestrutura”, comenta Paulo Dancieri Filho, CEO da Coimma.

Pedro Paulo lembra que ao desenvolver o sistema, ele e os analistas de Tecnologia da Informação (TI) da Embrapa, Quintino Izidio e Carlo Cesar Garcia, idealizaram um dispositivo que acompanhasse a evolução de peso dos animais e auxiliasse o pecuarista em decisões, como o descarte de animais e ajustes na dieta. A cooperação técnica com a Coimma permitiu ir além, com suporte da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

A demanda pela Balpass vai do Estado do Rio Grande do Sul ao Pará, revela Dancieri Filho e o mesmo salienta a importância do feedback no desenvolvimento de ferramentas para tomada de decisão. Para ele é fundamental entender e acompanhar os sinais do usuário e, assim, prospectar e operacionalizar os incrementos nas tecnologias.

COIMMA é top 10 inovação do Brasil

Inovação

De porte médio e origem familiar, estar entre as dez companhias inovadoras brasileiras ao lado de grandes organizações e multinacionais é para Dancieri Filho acreditar no potencial da empresa e na capacidade de reinvenção da equipe, que, gradativamente, constrói uma cultura de inovação. O catalisador do processo foi o projeto da Balpass, o qual mostrou a inovação como um caminho sem retorno.

Nos últimos dez anos, a empresa nacional instalou núcleos de pesquisa e desenvolvimento voltados para tecnologias e engajados em processos inovadores – engenharias mecânica e eletrônica e TI. O empresário conta que a ideia é trabalhar, absolutamente, integrado e pensar de forma inovadora, disruptiva. “Começar a cultura de inovação em toda a empresa, da contabilidade ao chão de fábrica. Fazer a inovação permear a organização”.

Para a Embrapa é uma resposta às suas recentes mudanças. “É sinal de que estamos no caminho, na pesquisa aplicada em busca de melhores propostas para o meio rural”, salienta Pedro Paulo. Na Empresa, a inovação tomou força diante dos desafios propostos pelo mercado, entre eles, ampliar o olhar da pesquisa, integrando-a aos demais setores da instituição e focada em produzir ativos com perspectivas reais de adoção.

Pesquisador e empresário acreditam que a transformação digital (re) desenhou um novo produtor, cada vez mais conectado às tendências e disposto a agregar valor à sua renda e a inovação entra nesse movimento.

Via Embrapa

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.